Diretor do Twitter publica DM de negócios na própria linha do tempo

Por Redação | 25 de Novembro de 2014 às 10h19

Apesar de ser um dos novatos na cúpula de gestão do Twitter, Anthony Noto, diretor financeiro do microblog, já teve grande participação na companhia, sendo uma de suas principais figuras na recente abertura de capital na Bolsa de Nova York. Mas, pelo que parece, ele não sabe usar muito bem a rede social que ele mesmo representa e, ao publicar uma mensagem direta em sua timeline, quase revelou os planos de negócios da empresa que indicam que uma grande aquisição está a caminho.

O texto foi publicado sem querer e deletado logo em seguida, mas ficou no ar tempo o suficiente para que uma screenshot fosse produzida. Na DM, Noto fala com alguém não identificado sobre os planos de aquisição de uma companhia. “Acredito que temos que compra-los.” Além disso, fala que tem uma reunião com os interessados entre os dias 15 e 16 de dezembro, que é quando o negócio deve ser firmado. “Eu tenho um plano”, completa.

Anthony Noto Twitter

O caso rapidamente ganhou tom de piada nas redes sociais, apesar de a ideia de uma aquisição também ter levantado uma série de especulações. Acima de tudo, chama a atenção o uso de mensagens diretas como um método para discutir negócios, mesmo com a possibilidade de enganos e problemas como os experimentados por Noto. Fica a dúvida se outros executivos do Twitter não fazem o mesmo. As imagens são do BuzzFeed.

Também chamou a atenção a participação de Anthony Weiner, um ex-congressista americano que também se meteu em problemas ao enviar o que deveria ser uma DM em sua própria linha do tempo. Em 2011, ele publicou uma foto própria, de cueca, para todos verem, em um escândalo que custou sua renúncia. Brincando, ele afirmou que Noto não deveria se preocupar, já que o problema “vai passar”.

Oficialmente, o Twitter não comentou sobre seus planos de aquisição para o futuro próximo. Ao mesmo tempo, não negou o envio da mensagem por Noto e disse que conversas sobre fusões e compras de outras empresas são comuns na companhia, mas não necessariamente costumam serem realizadas por meio de mensagens diretas.

Levando em conta o esforço atual do Twitter para aumentar seu número de usuários e também suas receitas com publicidade, diante do que muitos citam ter sido uma abertura de capital prematura, as apostas estão em empresas dos ramos da publicidade mobile ou na integração com outros serviços web. Por enquanto, não se sabe exatamente o que vai acontecer nem com quem Noto e outros executivos se encontrarão em meados de dezembro.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.