Diretor do Facebook agora trabalha para o governo dos Estados Unidos

Por Redação | 20.03.2015 às 18:56

Mais um nome conhecido no Vale do Silício agora trabalha para o governo dos Estados Unidos. Em uma mudança daquelas que os puristas categorizariam como uma traição do movimento, a Casa Branca anunciou a contratação de David Recordon como seu primeiro diretor de tecnologia da informação.

Em seu novo trabalho, ele será responsável por coordenar todo o esforço tecnológico relacionado ao órgão, trabalhando junto a empresa para trazer inovações para a Casa Branca, além de melhorar e tornar mais segura a infraestrutura atual. A ideia é trabalhar em uma comunicação mais eficiente com o cidadão e também garantir que os softwares e práticas utilizados estão de acordo com o que se faz dentro das melhores companhias do ramo. Foi justamente por isso que a administração buscou um engenheiro do Facebook para a tarefa.

Nos últimos cinco anos, Recordon atuou como diretor de engenharia da rede social, sendo um dos principais responsáveis pelos esforços internos de produtividade. Além disso, ele esteve por trás da criação de ferramentas como as conversas em vídeo e também iniciativas internas para melhorar a comunicação entre os funcionários e também da diretoria da companhia.

Ele também não é o primeiro nome de destaque do Vale do Silício a se tornar um servidor público dos Estados Unidos, juntando-se a gente como Mikey Dickerson, antigo gerente de confiabilidade do Google, DJ Patil, ex-eBay, Skype e PayPal, Megan Smith, que dirigia a iniciativa Google X e o advogado Alex Macgilivray, que trabalhou durante anos para o Twitter.

E, como informa a própria Casa Branca, caso o orçamento de 2016 seja aprovado com sucesso, as contratações não vão parar por aí. O governo dos EUA pede a aprovação de um valor de US$ 105 milhões para criação de um time digital dedicado a 25 agências federais, que vai trabalhar em esforços para melhorar sua insfraestrutura interna e ampliar a segurança dos serviços de tecnologia e comunicação.

Fonte: Yahoo