Copa e eleições ficam entre temas mais falados do ano e puxam Facebook no Brasil

Por Rafael Romer | 10 de Dezembro de 2014 às 10h02

O Facebook fecha 2014 otimista com o crescimento da plataforma no Brasil. Com uma média mensal de 14 horas de uso por pessoa, a rede social se aproveitou de índices altos de engajamento no país e viu neste ano um crescimento expressivo no número de usuários totais e, principalmente, móveis.

De acordo com os números mais recentes da rede social, do terceiro trimestre de 2014, o Brasil já tem hoje 91 milhões de usuários mensais no Facebook - no começo do ano eram 83 milhões. Diariamente, 62 milhões de pessoas acessam a rede social.

O maior salto, no entanto, foi no uso do Facebook através de plataformas móveis no Brasil. Hoje, já são 72 milhões de usuários móveis no país. Destes, 46 milhões de pessoas acessam a rede social diariamente através de plataformas móveis. No início do ano, o número era de "apenas" 30 milhões.

"Isso mostra uma tendência importante, a curva de adesão de mobilidade foi muito mais rápida do que a gente esperava por aqui, o que é muito positivo e em linha com o que a gente vê em mercados mais maduros", explicou o diretor geral do Facebook Brasil, Leonardo Tristão, em um encontro com a imprensa na noite desta terça-feira (09). "É uma tendência que a gente vê e a consequência é muito grande para novos modelos de negócio, modelos nos quais as marcas interajam mais com os consumidores".

Facebook Brasil

O diretor geral do Facebook Brasil, Leonardo Tristão, em encontro com a imprensa na noite desta terça-feira (09) (foto: Rafael Romer/Canaltech)

Como era de se esperar, dois motivos principais puxaram o crescimento da rede social no país: a Copa do Mundo e as eleições. Globalmente, os dois assuntos foram, respectivamente, o primeiro e o terceiro mais discutidos dentro da plataforma em 2014, à frente de temas como a morte do ator Robin Williams e o desafio do balde de gelo.

Nas eleições brasileiras, por exemplo, foram registradas um total de 674 milhões de interações na rede social. A marca foi três vezes maior do que nas últimas eleições indianas, que eram consideradas até hoje o "benchmark" padrão do Facebook para esse tipo de acontecimento.

Na Copa do Mundo, cerca de 350 milhões de usuário da plataforma se engajaram de alguma maneira com o evento - 45 milhões deles no Brasil. O valor foi 2,1 vezes maior do que na última Copa do Mundo, na África do Sul, em 2010.

O executivo também destacou o crescimento do consumo de vídeo entre usuários brasileiros dentro do Facebook, que aumentou 50% entre maio e agosto deste ano. Atualmente, metade dos usuários brasileiros já consome ao menos um vídeo por dia dentro do Facebook.

O crescimento do uso do Facebook mobile no país sinaliza também para a chegada de outro projeto da rede social no Brasil: o Internet.org. A iniciativa global, encabeçada pelo Facebook, busca levar Internet a regiões e pessoas ainda desconectadas do globo através de parcerias com operadoras de telefonia para a redução do custo de acesso às redes móveis. De acordo com Tristão, o Facebook já está em conversas com operadoras brasileiras para o lançamento da iniciativa por aqui, mas não deu mais detalhes sobre o andamento do projeto país.

Siga o Canaltech no Twitter!

Não perca nenhuma novidade do mundo da tecnologia.