E o Facebook Home? Será que vai pegar?

Por Pedro Cipoli | 11.05.2013 às 20:04

Com cerca de um mês de existência e pouco mais de 1 milhão de downloads na Play Store do Google, como anda a popularidade do Facebook Home? Bom, sete dígitos de número de download não é algo que pode ser considerado um fracasso, mas certamente é uma proporção bastante pequena se comparado aos mais de 1,1 bilhão de usuários da maior rede social do mundo (menos de 0,1% de adesão, para ser mais exato), sendo que 750 mil acessam frequentemente o Facebook via smartphone.

Podemos considerar esses números como um fracasso do projeto liderado por Adam Mosseri e Cory Ondrejka? Ainda não. Somente cinco smartphones suportam o Home atualmente (quer dizer, do jeito fácil), como é o caso do HTC First e do Galaxy S4. Segundo Mosseri, essa restrição é intencional: "(O número de downloads) não é tão importante para nós. O que é importante para nós é se as pessoas estão realmente gostando do app".

facebook home

Segundo o AllThingsD, o Facebook Home pode ser liberado aos poucos para as centenas de smartphones e tablets Android. É que a rede social pretende fazer ajustes finos em aparelhos selecionados e fazer experiências de usabilidade com esse público antes de liberá-lo mundialmente.

Já tivemos a oportunidade de brincar com o Home e realmente não vimos nada de muito inovador. Juntando o fato de que o "público selecionado" não parece estar muito satisfeito, podemos afirmar que é melhor o Facebook começar a fazer hora extra antes que perca definitivamente a oportunidade de conquistar um número expressivo de usuários (mantendo-os satisfeitos) e entre para o poço do esquecimento da internet.