CEO do Twitter vendeu mais de 640 mil ações da empresa nos últimos três meses

Por Redação | 09.01.2015 às 17:47

Dick Costolo, CEO do Twitter, tem sido alvo da insatisfação de muitos investidores nos últimos meses, que afirmaram estar frustrados com a sua gestão à frente da rede social. Devido ou não à pressão dos acionistas, Costolo voltou a vender ações da empresa, conseguindo quase US$ 5,1 milhões neste início de mês. O executivo colocou a venda 140.352 ações da companhia no mercado, segundo um documento protocolado pelo órgão que regula as empresas cotadas nas bolsas de valores norte-americanas, a Securities and Exchange Commission (SEC).

Em novembro e dezembro do ano passado, Costolo já havia vendido várias ações da empresa, incluindo as que estavam sob sua propriedade e de seus familiares. No total ele se desfez de mais de 500 mil ações, significando um total de mais de US$ 25 milhões. Nestes meses, também foram vendidos quase US$ 50 milhões em ações por altos executivos da companhia.

As decisões tomadas por Costolo à frente do Twitter não têm agradado a muitos dos investidores da empresa. O site TI Inside lembrou que alguns chegaram até mesmo a sugerir abertamente que o CEO fosse demitido.

As últimas vendas de Costolo aconteceram entre os dias 2 e 5 de janeiro, segundo o último documento protocolado pela SEC. Apesar disso, o CEO possui ainda 810 mil ações do Twitter, porém, nada indica se Costolo continuará ou não a colocar as ações da companhia à disposição no mercado.

Apesar dos acontecimentos, o Twitter encerrou o pregão da última quinta-feira (7) com alta de 3,8% e, no dia anterior, com acréscimo de quase 7%. Cada ação passou assim a ser negociada a US$ 37,28. A boa performance na bolsa de valores neste início de ano deve-se à especulação de que a empresa estaria interessada em comprar a companhia de mídia do núcleo do Yahoo, segundo comentário do ex-CEO interino da companhia, Ross Levinsohn.

O Twitter divulgou um comunicado afirmando que Costolo negociou apenas ações no âmbito de um plano revelado entre julho e setembro e que "o total vendido representa menos de 10% do seu capital total na empresa".

Fonte: http://convergecom.com.br/tiinside/08/01/2015/ceo-twitter-ja-vendeu-mais-de-us-25-milhoes-em-acoes-da-empresa-desde-novembro/#.VLAQ5EtBnKA