Bubblews: rede social paga usuários pelas suas interações

Por Redação | 21 de Julho de 2014 às 07h00

Que tal receber dinheiro para postar conteúdos em redes sociais? É isso que o Bubblews pretende oferecer para seus usuários. Com um discurso que ressalta a transparência na publicidade direcionada para os usuários, a rede social está sendo relançada com a ideia de pagar para quem esteja disposto a compartilhar ao máximo sua vida na rede.

O Bubblews existe desde 2012 mas, agora, voltou com uma nova plataforma. A rede social vai usar as informações que você publicar para direcionar o fluxo de publicidade, no entanto, vai repartir um pedacinho do lucro com você.

Segundo o co-fundador, Arvind Dixit, a empresa está disposta a compensar seus usuários pelas interações sociais. No entanto, essas interações terão que ter no mínimo 400 caracteres para receber a recompensa. A ideia é que o usuário divulgue o máximo possível de informações e, com isso, a rede pretende extrair as informações pertinentes de cada postagem para direcionar a publicidade.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Ainda para Dixit, a rede social está “ajudando a mover a internet na direção certa”, com a coexistência entre anunciantes, usuários e comércio eletrônico sem que um se aproveite do outro.

bubllews

Bubblews na prática

A linguagem do Bubblews pode ser um pouco diferente para quem nunca acessou a rede. As hashtags são marcadas com um sinal de “+” e o “@” é substituído pelo “&”. Na rede social as interações são chamadas de bolhas e sua primeira versão atraiu mais de 20 milhões de visitantes.

Ainda não se sabe exatamente como o pagamento será feito. Segundo o site CNET, o usuário irá receber “um centavo” pelas suas interações, mas isso vai depender também do alcance com comentários e “estrelas” (variável para as curtidas) nos posts. Uma vez que você conseguir US$ 50 no “banco do Bubblews”, poderá sacar o dinheiro via PayPal. No entanto, a rede social pode ser bem poluída pelos anúncios – e você achando que o Facebook já tinha propaganda demais, né?

Uma reportagem da Wired também destaca problemas já relatados com o uso do Bubblews. Na nova versão eles podem ter sido resolvidos, mas usuários afirmaram que, no início, os conteúdos só poderiam ser publicados em inglês ou com tradução anexa para o idioma a fim de serem monetizados. Um jornalista também relatou que no lançamento da plataforma tudo ocorreu bem, no entanto, depois diversos problemas surgiram: postagens inteiras foram deletadas e, como o Bubblews não conseguiu lidar com todos os usuários, os pagamentos foram suspensos.

Outro termo que causa estranheza e que foi usado pela rede social é que eles terão uma “aprovação” para os membros, para que pessoas que não estejam lutando pela mesma causa sejam “eliminadas”.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.