Blogs do LinkedIn serão abertos para todos os usuários

Por Redação | 20 de Fevereiro de 2014 às 12h33
Divulgação
Tudo sobre

LinkedIn

Agora, os blogs do LinkedIn não são mais restritos ao grupo de personalidades que a rede social chama de “Influenciadores”. A partir desta semana, 25 mil usuários do serviço na língua inglesa começarão a ter acesso às ferramentas de publicação de textos que, ao longo dos próximos meses, estarão disponíveis para toda a base mundial de 277 milhões de pessoas que possuem perfis.

O intuito do movimento é transformar o LinkedIn em uma plataforma “definitiva para publicação profissional”, como explicou o gerente de produtos de conteúdo da empresa, Ryan Roslansky, ao site Tech Crunch. Ele conta que o objetivo também é incentivar o uso das ferramentas ao longo de toda a vida profissional, e não apenas durante a busca por um emprego ou contatos.

Roslansky também explica que o programa de “influenciadores” também vai continuar. Hoje, o projeto de personalidades conta com nomes como Barack Obama e Bill Gates, e a ideia é que ele ganhe mais e mais nomes que se destaquem por meio das plataformas de publicação pessoal. Atualmente, os textos dos VIPs são uma das principais fontes de tráfego do LinkedIn.

Assista Agora: Nunca mais contrate funcionários para sua empresa! Comece o ano em uma realidade completamente diferente!

Os posts em destaque continuarão a aparecer na home da rede social, além dos aplicativos relacionados a ele. Já os textos de “anônimos”, por assim dizer, serão salvos junto ao perfil de cada um, mas poderão ser selecionados por meio de tags ou palavras-chave para indicação a outras pessoas com o mesmo perfil, conectando mais gente.

A novidade, claro, também deve auxiliar empregadores na busca por novos funcionários, já que esse compartilhamento de ideias permite que a pessoa por trás do currículo também seja conhecida. Por isso mesmo, Roslansky não se preocupa com posts problemáticos ou de baixa qualidade, pois acredita que a comunidade de usuários sabe que o LinkedIn é uma rede profissional e, sendo assim, o que é escrito ali acaba preso indefinidamente a esse aspecto pessoal.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.