Barraco: Peter Thiel afirma que “Twitter é horrivelmente mal administrado”

Por Redação | 17.09.2014 às 12:59

Peter Thiel, um dos primeiros investidores do Facebook, foi entrevistado pelo canal norte-americano CNBC na manhã desta quarta-feira (17) e detonou a gestão do Twitter.

O executivo afirmou que “é difícil avaliar o Twitter, ele tem um grande potencial, mas é uma empresa horrivelmente mal administrada. Provavelmente tem um monte de gente fumando muita maconha lá”.

O comentário bombástico criou uma crise logo em seguida e imediatamente Bijan Sabet, um dos primeiros investidores da rede de microblogs, usou a rede social para tuitar uma resposta a Thiel. Ele afirmou que nunca conheceu Peter, mas que ele é "desagradável, bobo e injusto".

twitter bijan sabet

O bilionário é visto por muitos como um excêntrico libertário que tem opiniões duvidosas e de mal gosto. Recentemente Thiel declarou que por as crianças na escola é algo errado, dando a entender que elas deveriam escolher o que querem fazer da vida. Além disso, ele já afirmou que seu maior desejo é criar uma cidade livre numa plataforma no meio do oceano.

Dado este fato, ele também foi alvo de Jason Goldman, ex-executivo do Twitter, que questionou na rede social quão chapado estava Thiel quando “decidiu ir viver em uma plataforma no oceano”.

twitter jason goldman

Na entrevista, Thiel ainda afirmou que não iria pedir a saída de Dick Costolo, CEO do Twitter, porque nessas empresas os CEOs não se pode mudar muita coisa e ele "não tem certeza se eles poderiam fazer melhor". "Nesses casos você tem que demitir todo mundo e começar de novo", concluiu.

Mesmo com as críticas, o Twitter alcançou bons resultados no segundo trimestre do ano e superou as expectativas dos investidores com o aumento do número de usuários e de receita de TI.

Fonte: http://www.cnbc.com/id/102008464