Atualização do Messenger começa a chegar e integração não é tão incrível assim

Por Redação | 31 de Março de 2015 às 15h40

Na semana passada, o Facebook anunciou, durante a conferência F8, que o Messenger se tornaria uma espécie de plataforma de aplicativos. Esta atualização começou a ser disponibilizada no início desta semana para os usuários iOS.

"A plataforma do Messenger permite aos desenvolvedores criarem facilmente aplicativos que se integram com o ele, de modo que as 600 milhões de pessoas que utilizam o Messenger possam encontrar novas maneiras divertidas de se expressar com GIFs, fotos, vídeos, clipes em áudio e muito mais", declarou o Facebook em um anúncio na semana passada.

No entanto, apesar das promessas do Facebook de uma excelente integração dos apps com a plataforma Messenger, pelo menos de início não é isso o que se pode notar e não há nada de impressionante na novidade. Uma espécie de loja de aplicativos era esperada dentro do próprio app de mensagens do Facebook. No entanto, o que se observa é apenas uma lista de apps que são direcionados para a App Store.

Quando se está conversando com alguém, um botão discreto de reticências abre a seção "Mais", onde todos os aplicativos que foram aprovados para ter uma integração com o Messenger estão disponíveis. São 40 os aplicativos listados por enquanto, mas é certo que novos chegarão no decorrer do tempo.

Messenger

Alguns aplicativos, como o da ESPN, estão disponíveis, mas a maioria está relacionada com o envio de GIFs, selfies e figurinhas.

A respeito da integração, o Messenger mostra o que todos nós já conhecemos: com o GIPHY, o usuário é apenas redirecionado para o aplicativo quando decide enviar um GIF para outra pessoa. A diferença é que os ícones dos aplicativos foram envolvidos na mesma marca Messenger. Ou seja, os aplicativos na tela inicial que utilizarem o SDK do Facebook começarão a ter a mesma borda branca e um pequeno ícone azul.

Tudo ainda é bastante novo para o Messenger quanto a se tornar uma plataforma. É possível que muita coisa melhore com o tempo, como aplicativos que permitam o usuário conversar com atendentes de empresas, etc. No entanto, o Facebook possui uma reputação não muito boa no desenvolvimento de aplicativos, visto que muitos deles tiveram resultados frustrantes. O jeito é esperar até que novos apps melhorem esta primeira impressão.

Fonte: Cult of Mac

Fonte: http://www.cultofmac.com/317536/facebook-messengers-app-store-sucks/

Siga o Canaltech no Twitter!

Não perca nenhuma novidade do mundo da tecnologia.