Artigo: 'As redes sociais não podem ser mais ignoradas'

Por Colaborador externo | 18 de Março de 2013 às 16h46
Gawker

Por Lilian Loiacono*

As redes sociais estão ficando cada vez mais presentes na vida das pessoas e não são mais usadas somente para interação pessoal, mas também para pesquisar, opinar, resolver pendências, dúvidas e até realizar compras.

Com isso, as empresas devem estar preparadas e estruturadas para interagir de uma forma ágil, não só em relação a todos os comentários postados a seu respeito, mas também a todas as solicitações dos clientes.

Assista Agora: Descubra o jeito certo de criar verdadeiros times de alta-performance e ter a empresa inteira focada em uma única direção.

O cliente quer ser atendido no canal que escolher, quer interação. Por isso, elas devem investir em tecnologias que facilitem a comunicação e monitoramento desses multicanais, fazendo com que os agentes respondam de forma ágil e eficiente aquilo que está sendo requisitado.

É preciso ter consciência que, à medida que a interação com o cliente é ampliada, a complexidade do processo também fica maior e precisa ser bem administrada. Escolher uma plataforma que seja adequada à sua central de atendimento é o primeiro passo.

Há no mercado várias plataformas que ajudam a simplificar o atendimento nesses canais de relacionamento e que não só monitoram as redes sociais, mas também auxiliam nos processos de venda, atendimento e suporte. O investimento é válido e importante.

Para escolher uma plataforma que esteja de acordo com as necessidades de sua empresa, é necessário fazer sua lição de casa e pesquisar. Dê preferência a uma plataforma que se integre ao serviço que já esteja implementado em sua empresa, para que o processo seja o mais simples possível. Além disso, a plataforma deve ser fácil de ser manejada.

Verifique como é determinado o fluxo de atendimento, se a plataforma monitora o perfil do cliente e se permite que as respostas sejam direcionadas para o agente que esteja mais preparado para atender a solicitação do cliente. Sem contar que a solução deve estar preparada para responder no mesmo ambiente no qual o cliente fez o contato.

Na parte administrativa, é importante que a plataforma recupere conversas, administre as ilhas de atendimento e os agentes e emitam relatórios significativos para o gerenciamento da sua central.

Enfim, a plataforma deve proporcionar uma estrutura que facilite a comunicação entre a empresa e o cliente de forma ágil e eficiente no canal que melhor lhe convier.

*Lilian Loiacono é gerente de marketing da XGEN, empresa especializada no desenvolvimento de sistemas para atendimento ao cliente.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.