As marcas que você segue no Instagram também estão de olho em você

Por Redação | 18 de Abril de 2014 às 09h00

As marcas com que você interage no Instagram podem estar prestando mais atenção no seu perfil do que você imagina. Isso porque a Union Metrics, empresa de análise social que também é responsável pelo TweetReach, integrou uma nova ferramenta de análise à rede social de imagens nesta semana.

De acordo com informações do Mashable, o novo recurso permite que os clientes da empresa obtenham informações detalhadas dos seguidores que interagem com suas mensagens. Desta forma, as marcas conseguem identificar quem são seus maiores fãs no Instagram e utilizar seus dados a favor da companhia. Agora, as marcas serão capazes de criar cronogramas retratando os comentários e curtidas de cada fã, bem como mapear essas interações e assim avaliar o quanto as pessoas se envolvem com a marca na rede social.

Em suma, as marcas serão capazes de identificar quem são seus maiores fãs e quais são seus hábitos na Internet, o que ajudará a planejar e executar melhor sua estratégia de divulgação no Instagram. "Uma compreensão mais profunda de seus fãs e das pessoas que estão participando de suas conversas realmente ajuda a direcionar o conteúdo", explica Hayes Davis, CEO da Union Metrics. Essa é uma forma das marcas estabelecerem uma conexão mais pessoal com seus seguidores.

É importante destacar que a Union Metrics alega olhar apenas para os dados públicos dos usuários em relação às marcas, deixando as informações privadas de lado.

Union Metrics Instagram

É assim que a Union Metrics entrega o conteúdo de engajamento individual aos seus clientes (Imagem: Reprodução / Mashable)

Esse tipo de ferramenta analítica de engajamento não é nova, mas essa riqueza de detalhes oferecida às marcas presentes no Instagram é um grande exemplo da importância dos dados sociais. Na rede social de fotos, a publicidade ainda é algo muito novo e usar ferramentas de análise para monitorar o alcance orgânico de suas publicações é uma boa maneira das empresas verem como se saem antes de pagar para anunciar na plataforma.

Siga o Canaltech no Twitter!

Não perca nenhuma novidade do mundo da tecnologia.