Adolescentes que encomendaram assassinato via Facebook são julgados esta semana

Por Redação | 24 de Agosto de 2012 às 14h35

Os três adolescentes envolvidos no assassinato de uma garota de 15 anos na Holanda devem ir a julgamento nesta semana. As informações são da BBC.

A acusação diz que um garoto matou Joyce Winsei Hau a mando de um casal de adolescentes, devido ao teor das mensagens que a jovem publicou no Facebook a respeito do comportamento sexual do casal. O crime aconteceu em janeiro, mas o julgamento teve início nesta semana na cidade de Arnhem, com a presença do principal acusado, Jinhua K., que tinha, então, apenas 14 anos.

O casal ficou irritado com os comentários de Joyce na rede social e decidiu contratar Jinhua para assassinar a garota, pagando a ele menos de 100 euros. O garoto foi até a casa de Joyce e a apunhalou. A jovem, por sua vez, não resistiu aos ferimentos e morreu dias depois em um hospital.

As particularidades do crime levaram os magistrados a conduzir publicamente o processo, o que foge dos costumes legais holandeses quando ocorre envolvimento de menores. Segundo os juízes responsáveis pelo caso, é mais importante que a sociedade tenha pleno conhecimento da causa.

De acordo com os trâmites do processo, Jinhua K. pode cumprir pena máxima para um garoto de até 16 anos, passando um ano preso em um centro de detenção para jovens e dois anos em liberdade condicional - que podem ser ampliados para até sete.

O advogado de defesa do casal identificado como Polly W, de 16 anos, e Wesley C., de 18, conseguiu adiar a presença dos adolescentes no tribunal, pedindo que ambos fossem, antes, avaliados por psicólogos.

A decisão judicial para a pena de Jinhua deve sair no dia 3 de setembro. Já o julgamento de Polly não ocorrerá publicamente, devido a relatórios apresentados por um psiquiatra e um psicólogo.

Canaltech no Facebook

Mais de 370K likes. Curta nossa página você!