10 comunidades do Orkut que precisam voltar no Hello

Por Redação | 23.06.2016 às 13:36
photo_camera Divulgação

O Orkut voltou — ou quase isso. O anúncio de que o criador da melhor rede social de todas está trabalhando em um sucessor espiritual para o serviço deixou a internet brasileira em polvorosa. Também pudera, já que ninguém aqui soube lidar muito bem com o fim da plataforma e, desde o encerramento de suas atividades, todos vivem com um vazio em seu coração. Por mais que o Facebook tenha tentado ocupar esse lugar, nunca foi a mesma coisa. E o Hello chega com a promessa de resgatar essa alegria perdida.

A principal razão para tanta esperança está no fato de que Orkut Büyükkökten, o criador da antiga rede social do Google, prometeu trazer de volta todas as funções que fizeram de sua rede social um sucesso no passado. Sabe o que isso significa? Isso mesmo, que as amadas e queridas comunidades vão voltar. Afinal, elas eram o principal atrativo do serviço e, por mais que a equipe de Mark Zuckerberg tente, jamais conseguiu criar algo com o mesmo apelo.

Assim, para aquecer os motores para esse quase-retorno do Orkut e já preparar nossos corações para essa volta das comunidades, decidimos lembrar de algumas das pérolas que surgiram na mais amada rede social que já passou por este país e que deveriam ter vida nova no Hello. Afinal, o tempo passa, o tempo voa, mas algumas coisas continuam iguais — o inclui a criatividade do pessoal.

Orkut e Google +

1. Anão vestido de palhaço mata 8

Em uma época em que o jornalismo ainda estava tentando se encontrar no mundo da internet, o Orkut ganhou um espaço onde as matérias mais bizarras apareciam. A comunidade "Anão vestido de palhaço mata 8" foi um marco por anteceder toda essa onda de sites engraçadinhos que existem hoje em dia. A ideia era bastante simples: reunir notícias absurdas que pareciam mentira, mas que eram a mais pura verdade.

Comunidades Orkut

E por que ela deveria voltar no Hello? Bem, como dito, já há uma infinidade de páginas assim, então nada mais justo do que termos uma volta ao conceito original por aqui também. Afinal, era muito divertido entrar na comunidade e se deparar com algo tão bizarro quanto um anão assassino fantasiado de palhaço — o que, por sinal, seria um ótimo plot para Game of Thrones.

2. Queria sorvete, mas era feijão

A maior decepção da vida de todo o brasileiro voltou a atormentar nossas vidas com a crise, então nada mais justo do que termos um retorno da comunidade que homenageia esse pesadelo também na nova rede social. Com as coisas ficando cada vez mais caras, o sorvete no congelador está cada vez mais raro e os relatos de pessoas que se frustraram ao encontrar aquela sobre do feijão de ontem têm tudo para se tornarem mais frequentes.

Comunidades Orkut

Além do mais, com a alta absurda no preço do feijão, as histórias agora podem ter um contorno um pouco mais feliz do que no passado. Em outras palavras, só vitória.

3. Lindomar, o SubZero brasileiro

Uma das principais funções do Orkut era eternizar histórias e as comunidades eram quase como um acervo dessa grande biblioteca de memes e piadas que surgiam todos os dias. E um dos exemplos mais clássicos disso era a história de Lindomar, o SubZero brasileiro. Hoje em dia, ninguém mais se lembra desse vingador solitário que decidiu fazer justiça com os próprios pés e acertou uma voadora em uma mulher em plena rede nacional. E, por isso, seu legado deve retornar junto com o Hello.

Comunidades Orkut

A memória da internet pede por isso.

4. Eu odeio esperar no MSN

O MSN já morreu, mas o sentimento ainda permanece vivo em nossos corações em outras plataformas. Assim, é fácil imaginar uma releitura dessa comunidade clássica com o WhatsApp ou mesmo com o Facebook Messenger, mostrando que o tempo pode passar, o serviço também, mas a frustração e a ansiedade continuam a mesma.

Comunidades Orkut

Além do mais, essa comunidade precisa voltar ao Hello para marcar o retorno dos grupos que existiam apenas para traduzir nosso estado de espírito. Em muitas dessas comunidades, quase nada era discutido, mas elas eram um sucesso apenas porque ajudavam a descrever a personalidade do usuário de maneira simples e direta. Chupa essa, Facebook.

5. Eu odeio acordar cedo

Comunidades Orkut

Outra comunidade que existia para exprimir um estado de espírito que nem mesmo as palavras conseguiam traduzir — muito menos às 7h30. E, assim como no caso do MSN, o tempo não mudou essa dificuldade e o retorno ao Hello é mais do que justificável. E, levando em conta que a comunidade original era uma das mais populares de todo o Orkut, não duvidamos que o sucesso vai se repetir nessa nova geração.

6. Eu sou mais indie que você

Comunidades Orkut

Eis um caso em que o Orkut conseguiu prever o futuro. Em meados de 2004, ninguém imaginava que a moda indie iria vir à tona. Mais do que isso, não passou pela cabeça de ninguém a possibilidade de que esse pessoal iria discutir sobre quem é mais indie que quem ou o quão hipster é aquela pessoa. E, diante dessa realidade absurda que vivemos, a comunidade Eu sou mais indie que você deve retornar ao Hello não mais como uma piada, mas como um serviço social.

7. Niilismo miguxo

Comunidades Orkut

Outro exemplo de comunidade que precisa voltar para o bem da memória da internet. Por alguma razão, o miguxês desapareceu e é preciso que alguém faça esse resgate histórico da língua, ressuscitando o dialeto que deixava tanta gente irritada. E a pegada niilista é apenas um charme, visto que pessoal adora usar redes sociais para falar como a vida é uma droga e vazia.

8. Se eu morrer, minha mãe me mata

Quando o Orkut se popularizou por aqui, a internet ainda era muito jovem. Boa parte dos usuários ainda eram adolescentes, o que fazia com a figura da mãe ainda fosse muito reverenciada. E, não por acaso, a comunidade "Se eu morrer, minha mãe me mata" era uma das mais populares, visto que todos tinham medo de desobedecer a regra básica de se manter vivo até a hora do jantar.

Comunidades Orkut

E, como todos sabemos, bons modos e educação é algo que nunca sai de modo, o que significa que a recomendação deve permanecer viva também no Hello.

9. Lenin, de Três

Comunidades Orkut

Outra coisa que fazia o Orkut algo único era a criatividade do pessoal para fazer comunidades que não diziam nada, mas que eram excelentes apenas pelo seu nome. A brincadeira usando a estátua de Lênin é o maior exemplo disso. E, levando em conta que esse bom humor está mais em alta do que nunca, comunidades como essa têm tudo para ficarem ainda maiores e mais populares.

10. Nietzsche for Speed

Comunidades Orkut

A galhofa, a cretinice e as piadas ruins nunca saem de moda. E, se não for para trazer comunidades assim de volta, nem precisa ressuscitar o Orkut.

Via: Surrealista, Buzzfeed