Sony anuncia novo filme solo do Homem-Aranha já integrado ao universo Marvel

Por Redação | 13.04.2016 às 09:19

Já não é segredo para ninguém que o Homem-Aranha agora faz parte do universo cinematográfico da Marvel. Depois de muitos rumores e muita negociação, o estúdio e a Sony fecharam um acordo que permitiu que o herói estivesse em Capitão América: Guerra Civil. Mas o que muita gente esquece é que os próximos filmes do personagem também serão produzidos pela Marvel, o que deve ajudar a expandir essas histórias integradas. Depois de diversas especulações sobre isso, eis que a Sony finalmente trouxe detalhes sobre o vindouro filme solo do Amigão da Vizinhança.

Durante a CinemaCon, evento focado em cinema que acontece nesta semana em Las Vegas, a produtora confirmou que a próxima aventura vai mesmo se chamar Spider-Man: Homecoming e deve estrear já no dia 28 de julho de 2017 — ou seja, daqui a pouco mais de um ano. O nome já havia sido alvo de boatos semanas antes quando a internet descobriu que a própria Sony Pictures havia registrado domínios referentes ao título. Assim, tudo o que a empresa fez foi confirmar aquilo que muita gente já tinha como certo.

Além disso, ela ainda mostrou a nova logo do filme, que, de fato, é bem diferente daquela que vimos nas outras encarnações do Cabeça de Teia nos cinemas e se aproxima muito mais do visual adotado nos quadrinhos. É claro que isso, em termos práticos, não quer dizer nada, mas já é uma excelente dica para os fãs de que a Marvel e a Sony vão estar mais empenhadas do que nunca em aproximar a experiência cinematográfica daquela que há tanto tempo vemos nas páginas dos gibis. E o fato de Homecoming ser uma expressão referente a voltar para casa ganha um peso ainda mais forte quando lembramos que agora o herói está de volta para as mãos da Marvel — ao menos em partes.

Homem-Aranha

Outro ponto, como relembra o site Comicbook, é que o título também ajuda a refletir o momento no qual a história vai se passar. Como muito já se comentava, veremos um Peter Parker bem mais jovem do que suas versões anteriores, desta vez tendo de lidar com seus poderes e questões comuns a um adolescente em meio ao Ensino Médio. A escolha do ator Tom Holland para o papel já indicava isso, mas a Sony fez questão de reforçar a ideia durante sua apresentação no evento.

De acordo com o chefe da Sony Pictures, Tom Rothman, o nome Homecoming foi propositalmente escolhido como uma referência ambígua tanto a esse ambiente escolar como à própria integração dessa história ao universo Marvel que a gente tanto conhece. E não vai conter apenas referências aos outros heróis, mas fazer parte daquela realidade mesmo. Ainda assim, como o presidente da Marvel Studios, Kevin Feige, comentou recentemente, Spider-Man: Homecoming ainda é um filme da Sony Pictures, mas com a consultoria da Marvel.

Via: Comicbook