“Homem-Aranha negro” vai voltar aos quadrinhos nos EUA

Por Redação | 22 de Junho de 2015 às 09h35

Uma das encarnações mais recentes e populares do Homem-Aranha está prestes a voltar às páginas dos gibis. A Marvel revelou que Miles Morales voltará a vestir o manto do Cabeça de Teia no segundo semestre deste ano, quando começam a ser lançados os gibis do personagem pós-Guerras Secretas, um megaevento que uniu universos e realidades diferentes dos heróis da Casa das Ideias.

Criado por Brian Michael Bendis e pela artista Sara Pichelli, Morales chamou a atenção por mudar não apenas a identidade secreta do personagem, mas também por colocar, pela primeira vez, um negro sob o uniforme. O jovem, que também possui descendência hispânica, apareceu pela primeira vez em 2011, após a morte de Peter Parker em um combate intenso contra o Duende Verde.

A nova HQ será roteirizada pelo próprio Bendis e se encaixa em um universo que vem modificando drasticamente os gêneros e aparências dos heróis consagrados da Marvel. Após as Guerras Secretas, Jane Foster – que nos cinemas é interpretada pela atriz Natalie Portman – assumiu o martelo Mjölnir quando seu portador original deixou de ser “digno”; enquanto Sam Wilson, o Falcão, atua agora como o Capitão América.

A mudança tem, ainda, mais uma razão de ser. A presença de Miles Morales como o Homem-Aranha do universo cinematográfico da Marvel foi bastante cogitada após um acordo entre a produtora e a Sony Pictures para que o herói aparecesse em “Capitão América: Guerra Civil”, que sai no ano que vem. Os boatos foram rapidamente derrubados pelo estúdio, que afirmou estar em busca de um jovem Peter Parker para o papel, mas ainda assim trouxe a versão alternativa de volta aos holofotes.

Os novos quadrinhos do Homem-Aranha ainda não têm data de lançamento no Brasil.

Fonte: io9

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.