Spotify não terá mais propagandas políticas a partir de 2020

Por Felipe Ribeiro | 30 de Dezembro de 2019 às 13h30
Tudo sobre

Spotify

Saiba tudo sobre Spotify

Ver mais

O Spotify anunciou na última sexta-feira (27) que não vai mais transmitir propagandas políticas para usuários que não assinam os planos pagos do aplicativo e que estejam ouvindo a músicas ou podcasts originais e exclusivos da plataforma. Segundo relatório trimestral, pouco mais de 140 milhões de usuários não pagam o serviço, o que proporciona à empresa a possibilidade de inserir anúncios e propagandas variados.

"Neste momento ainda não temos o nível necessário de robustez em nossos processos, sistemas e ferramentas para validar e revisar com responsabilidade esse conteúdo. Vamos reavaliar essa decisão à medida que continuarmos a aprimorar nossas capacidades", disse o porta-voz do Spotify.

É bom lembrar, contudo, que essa mudança afetará apenas os Estados Unidos, pois esse é o único mercado que vende anúncios políticos na plataforma. A modificação terá início já no começo de 2020 e, como citamos acima, afetará apenas as músicas e podcasts originais do Spotify. Podcasts de terceiros ainda podem receber esse tipo de propaganda.

Bernie Sandres, pré-candidato à presidência dos EUA pelo partido Democrata, anunciava no Spotify (Imagem: Esquire)

O Ad Age, primeiro veículo a noticiar a mudança que o Spotify promoverá, disse que o candidato presidencial democrata Bernie Sanders e um comitê ligado aos Republicanos anunciaram no Spotify recentemente. As plataformas tecnológicas têm revisado suas políticas de anúncios após muitos problemas envolvendo fake news, como as eleições presidenciais de 2016 nos Estados Unidos.

Em outubro, o CEO do Twitter, Jack Dorsey, anunciou que sua empresa não aceitaria mais anúncios políticos, assim como o TikTok, LinkedIn, Pinterest e Twitch. Facebook, Google, Snapchat e Reddit vão na contra-mão e continuarão aceitando normalmente as propagandas.

Fonte: CNN

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.