Inventário de banners na internet cai até 37% durante jogos do Brasil

Por Redação | 03.07.2014 às 13:49

Paixão de brasileiro por futebol é coisa séria. E nessa Copa do Mundo a paixão está sendo tanta, que os horários de jogo do Brasil têm visto ruas vazias e torcedores aflitos em frente à TV, momento em que a internet fica meio esquecida.

O reflexo disso atingiu até mesmo a publicidade nas páginas de sites. Segundo o que foi divulgado pela empresa ad-tech Triggit, especializada em distribuição de banners, o inventário disponível de banner cai 37% durante os jogos do Brasil. As informações são do blog Triggit.

Triggit

Segundo o CEO da Triggit, Zach Coelius, quando o jogo termina o inventário disponível dispara, chegando a até 27% a mais do que a média normal. Isso mostra que após os jogos o número de pessoas que acessam a internet é muito maior, para comentar em redes sociais ou buscando informações sobre o jogo.

A Triggit é especializada em tecnologia de retargeting de publicidade no Facebook e possui um escritório no Brasil. É necessário observar com cuidado os dados publicados pela Triggit, uma vez que na internet as coisas não são tão claras. No entanto, a variação é realmente expressiva perto de números normais. Segundo Coelius, “é bacana ver como os números refletem o mundo real”.

Veja o comportamento da publicidade monitorada pela Triggit no dia do jogo entre Brasil e Croácia.

Triggit

Segundo a publicação da Triggit, a tendência vista no Brasil ecoou para a maior parte dos países do mundo.