Google, Microsoft e Amazon estão pagando para passar pelo Adblock Plus

Por Redação | 03 de Fevereiro de 2015 às 09h16
Tudo sobre

Amazon

Desde o surgimento do Adblock, grande parte dos internautas tem fugido de propagandas inconvenientes com o simples plugin de navegador. No entanto, como era de se esperar, as empresas anunciantes estão buscando formas de passar pelo bloqueio para continuar a lucrar com publicidade.

Segundo o Financial Times, grandes empresas da internet, como Microsoft, Google e Amazon, estão pagando para a Eyeo, empresa que desenvolve o Adblock Plus, para criar uma lista de anúncios que conseguem burlar o bloqueio para chegar até os computadores dos usuários.

Na verdade, já era sabido que o Google havia negociado com a empresa para manter os seus anúncios, mas o FT mostra que mais empresas mantêm acordos semelhantes para desenvolver anúncios menos agressivos. Elas fazem parte de um programa de anúncios "aceitáveis", que têm como compromisso ser menos invasivos aos usuários.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

De acordo com o site da Eyeo, o programa é opcional para os usuários, mas mesmo assim encorajado para que os sites financiados por publicidade continuem a existir.

Para pequenas empresas, o serviço é gratuito, mas é pago para empresas grandes como Google, Microsoft e Amazon. No entanto, a Eyeo deixa claro que isso é válido somente para o Adblock Plus, que não tem relação com o software independente Adblock.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.