Waze trará beacons para navegação em túneis no Rio de Janeiro

Por Redação | 21 de Setembro de 2016 às 14h56

O Waze anunciou para o Brasil o início do seu Beacons Program, solução que usa sensores de localização e otimiza a navegação em áreas subterrâneas de difícil acesso de rede, como túneis, por exemplo. Em seu início, a solução será testada no Rio de Janeiro.

Para a iniciativa na capital carioca, a empresa estabeleceu parcerias com a Companhia de Engenharia de Tráfego do Rio de Janeiro (CET-RJ), em colaboração com o COR (Centro de Operações do Rio de Janeiro). Em outros países, o programa tem o apoio da PennDOT, de Pittsburgh, nos Estados Unidos, Sanef (Paris) e Carmelton (Haifa, Israel).

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Instalado nas paredes dos túneis, os beacons enviam informações de localização ao aparelho do motorista (uma comunicação apenas em mão única) para permitir que o Waze ou outros provedores de navegação ofereçam rotas e alertas em tempo real, garantindo que os motoristas nunca percam uma saída dentro do túnel e reduzindo colisões causadas por mudanças de faixa em cima da hora, por causa de uma saída.

A escolha pelo Rio de Janeiro faz sentido, já que a cidade conta com um grande número de vias subterrâneas e que cortam os morros que compôem a cidades. Segundo informações da Secretaria de Urbanismo da capital carioca, são mais de 20 túneis operando na cidade.

A ideia nasceu depois que o engenheiro do Waze, Gil Disatnik, começou a pensar no problema de desconexão comum dentro de túneis, onde a navegação por satélite frequentemente perde a localização do motorista por causa do concreto e de fatores ambientais, deixando os condutores sem a visualização de rota, trânsito ou perigos ao longo de um túnel.

Segundo o Waze, o programa torna o app o primeiro sistema de navegação a guiar os motoristas de forma precisa enquanto eles navegam pelos túneis, onde os beacons estão instalados, promovendo vias mais seguras para todos os motoristas. O projeto é aberto aos parceiros municipais do programa Connected Citizens do Waze (CCP), assim como para outras municipalidades e concessionárias que administram estradas.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.