Waze lança sistema de caronas nos Estados Unidos

Por Redação | 16.05.2016 às 15:52

Se serviços como Uber e Lyft transformaram a forma como os cidadãos utilizam o transporte individual de passageiros, o Waze deseja agora fazer o mesmo com os veículos pessoais dos usuários. Após muitas declarações sobre o assunto, a empresa lançou nesta semana um sistema de compartilhamento de veículos nos Estados Unidos.

Com a ideia de reduzir o trânsito e a poluição, além dos gastos pessoais com manutenção e combustível, a plataforma vai começar a unir usuários que fazem trajetos semelhantes diariamente. Usando suas características sociais, o Waze é capaz de reconhecer exatamente onde cada pessoa mora e trabalha, cruzando informações para que apenas um carro seja utilizado no percurso, mas por mais do que apenas uma pessoa.

O funcionamento é semelhante ao sistema que indica a melhor rota de acordo com informações de trânsito e ruas bloqueadas. Ao obter um parceiro ou mais para a carona, o Waze estabelece rapidamente uma rota pelo GPS, indicando onde o colega deve ser coletado. O outro usuário pode acompanhar todo o trajeto e o tempo estimado até chegada por meio de um aplicativo separado, o Waze Rider, e realizar o pagamento de sua parte por meio dele, com a empresa transferindo o valor para o motorista.

Inicialmente, o programa piloto está disponível apenas na cidade de São Francisco, nos Estados Unidos, e abrange cerca de 25 mil funcionários de empresas parceiras, a maioria delas localizadas no Vale do Silício. Eles já estão utilizando a função em seu potencial máximo e com todos os recursos disponíveis, com o Waze acompanhando o funcionamento de tudo e também trabalhando com as autoridades para obter informações relacionadas ao trânsito.

Por enquanto, não existe data prevista para lançamento da funcionalidade em outras regiões. Os testes são maiores e mais abrangentes que os realizados em Israel, país-natal do Waze, no ano passado, mas a empresa deixa claro que ainda está experimentando a função.

Fonte: Waze