Streaming poderia acabar com a necessidade de baixar aplicativos

Por Redação | 25 de Julho de 2016 às 08h41

O streaming poderia vir a substituir a necessidade de realizar downloads para poder utilizar aplicativos. A afirmação é feita com base em um estudo dirigido pela mNectar, empresa especializada em streaming de aplicativos. De acordo com Wally Nguyen, CEO da empresa, a crescente insatisfação com os aplicativos poderia estar por trás da desaceleração no download de apps e que a capacidade de transmitir jogos e aplicativos sem ter de baixá-los tem grande potencial de mudar o atual modelo do mercado de apps.

Atualmente, 75% dos aplicativos baixados são desinstalados 24 horas após o download, enquanto que o streaming de aplicativos tem a capacidade de converter sete vezes e de reter duas vezes mais usuários do que os vídeos. Entre outras coisas, o streaming de apps também poderia ajudar a reduzir a taxa de aplicativos desinstalados, já que os usuários poderiam ter acesso a uma prévia do app antes de tomar sua decisão. A desvantagem, no entanto, é que a transmissão poderia utilizar uma grande quantidade de dados móveis dos usuários, o que poderia desestimular as pessoas a fazerem uso da tecnologia e aumentar ainda mais a insatisfação dos usuários com o mercado de apps.

Por outro lado, essa maneira de utilizar os programas permitiria que os desenvolvedores acompanhassem em tempo real o envolvimento dos usuários, diferentemente do modelo de download, no qual os dados não são apresentados em tempo real. Na plataforma da mNectar, por exemplo, os usuários podem analisar insights sobre o comportamento do usuário e utilizar esses dados para melhorar as deficiências do app em tempo hábil e impulsionar seu uso.

O Google também introduziu recentemente um aplicativo de streaming dentro do Google Search que permite que os usuários Android possam testar os aplicativos no resultado de pesquisa antes de serem redirecionados para a Google Play. Essa tecnologia permite que os desenvolvedores possam transmitir partes específicas de um aplicativo, o que aumenta ainda mais as chances de conversão e retenção.

Nguyen lembrou que conseguir novos usuários para os aplicativos está ficando cada vez mais caro. Há mais de 4 milhões de aplicativos na App Store e na Google Play, o que leva os desenvolvedores a gastarem mais dinheiro para tornar seus aplicativos mais visíveis. Para muitos desenvolvedores independentes, a média de custo por instalação (CPI) fica entre US$ 5 e US$ 8, sem a garantia de que os usuários não irão desinstalar seus aplicativos em um curto espaço de tempo. Números recentes também revelam que a receita publicitária com anúncios de aplicativos nos Estados Unidos crescerá para mais de US$ 7 bilhões até o final de 2020, com a utilização de novos modelos de anúncios, já que os formatos mais antigos estão perdendo apelo e trazendo resultados menores.

Fonte: Business Insider

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.