Snapchat passa a cobrar por efeitos adicionais em fotos

Por Redação | 16 de Novembro de 2015 às 15h29
photo_camera Divulgação

Os usuários do Snapchat parecem estar bastante chateados com uma das mais recentes funcionalidades da plataforma, a possibilidade de usar efeitos para deixar as fotos com uma cara parecida com a do Instagram. A ideia, colocada em prática em setembro, se tornou paga, com a empresa abrindo uma “loja de lentes” e cobrando US$ 0,99, pouco menos de R$ 4, por cada opção de filtro.

De acordo com o Snapchat, a ideia é que novas opções de efeitos sejam lançadas todos os dias, com as mais antigas sendo tiradas do ar, permanecendo ativas apenas por um período limitado. Quem fizer a compra, porém, poderá usá-las para sempre, adicionando até mesmo uma cara de colecionismo ao sistema, uma noção que, acredita a companhia, deve motivar as vendas. Opções gratuitas também serão liberadas de tempos em tempos, mas serão mais raras.

Anteriormente, o sistema funcionava de maneira parecida. Os usuários tinham acesso a sete tipos de efeitos para utilizar e, a cada dia, uma nova opção era adicionada, com a mais antiga sendo retirada do ar. Com a novidade, os usuários terão acesso total às lentes gratuitas e pagas adquiridas, podendo acumular até 30 delas no aparelho antes que alguma precise ser deletada. Nesse caso, ela pode ser baixada novamente caso o comprador deseje.

A chegada das lentes marca a segunda opção de monetização adicionada ao Snapchat. Recentemente, a empresa também utilizou as microtransações para permitir que seus usuários reproduzissem novamente as fotos ou vídeos recebidos. Também por US$ 0,99, pouco menos do que R$ 4, era possível adquirir três replays.

Além disso, a iniciativa de monetização do Snapchat se estende também aos canais pagos, com a empresa realizando parcerias com canais de TV e companhias de mídia para disponibilização de conteúdo segmentado e patrocinado. A mais recente novidade pode até ter chateado os usuários, que se acostumaram a contar com os filtros gratuitamente, mas não é como se algo do tipo já não pudesse ser esperado.

Fonte: Snapchat