Review SSD WD D30 Game Drive | Prático, mas o preço desanima

Review SSD WD D30 Game Drive | Prático, mas o preço desanima

Por Amanda Abreu | Editado por Léo Müller | 15 de Outubro de 2021 às 15h52
Ivo/Canaltech

O SSD externo da WD_Black, D30 Game Drive, é uma boa opção para armazenar seus jogos favoritos. Com suporte a multi plataformas — PC e consoles — e velocidades de até 900 MB/s, ele se torna uma opção válida e muito prática para ser utilizada no dia a dia.

Seu acabamento é em plástico liso resistente, além de ser pequeno e muito leve para ser transportado com o usuário no dia a dia. Mas a limitação de ser suportado somente em consoles antigos, aliado ao valor muito elevado, pode acabar tirando as vantagens que o D30 apresenta.

Pude testá-lo por dois dias direto e venho trazer a minha opinião pessoal sobre o uso. Confira na nossa análise.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

(Imagem: Ivo/Canaltech)

Prós

  • Design militar;
  • Bom espaço de armazenamento;
  • Pode ser usado em PC ou console.

Contras

  • Preço muito elevado;
  • Só funciona em consoles antigos;
  • Cabo USB muito curto.

Construção, Dimensões e Capacidade do Modelo

O SSD da WD_Black, D30 Game Drive, possui design militar e estiloso, e tornando um objeto decorativo em meio ao PC ou console. Seu tamanho é pequeno, e a cor preta possibilita deixá-lo em um canto mais disfarçado, caso o usuário prefira algo mais discreto.

Dentro da caixa do produto a fabricante entrega junto uma espécie de apoio em plástico, que é encaixado na base do SSD, garantindo maior segurança durante a utilização. Seu acabamento é feito em plástico liso, mas aparentemente muito resistente a riscos, o que considero um ponto positivo.

Em uma das laterais, fica posicionado o LED de funcionamento, para indicar quando algum programa/jogo estiver em execução a partir do modelo. Mais abaixo, temos disponível o conector USB-C, responsável pela conexão entre o SSD e o dispositivo do usuário, seja ele PC ou console.

(Imagem: Ivo/Canatech)

O cabo acompanha o produto, mas devo confessar: ele é muito pequeno e acaba sendo um impeditivo para deixar a instalação mais adequada e bonita. Então, se for adquirir o D30, vale pensar também na compra de um cabo maior.

O tamanho do armazenamento é excelente, contando com 500 GB para a instalação dos seus jogos favoritos. A fabricante indica velocidade de até 900 MB/s durante a utilização, um número bem alto, principalmente se lembrarmos que estamos falando de um SSD externo.

Vale ressaltar que, apesar da possibilidade de ser utilizado em videogames, em nosso ambiente de testes, ele foi utilizado em um computador de mesa com conexão USB 3.1 de 1ª geração.

Desempenho

Para que eu pudesse ter uma boa noção da performance do D30, fiz dois tipos de testes diferentes: o primeiro, através do meu próprio PC jogando; já o segundo, através de benchmarks e testes sintéticos de desempenho.

Gosto muito de jogos de FPS, principalmente por serem games mais competitivos e demandarem atenção e dedicação especiais. Fiz a instalação do Call of Duty: Warzone para avaliar o tempo que demoraria para instalar e começar a rodar o game, e posso afirmar que não senti nenhuma diferença ou impacto significativo entre o D30 e meu SSD interno.

A instalação demorou, aproximadamente, o mesmo tempo que eu gastaria com o SSD “comum”, além de o carregamento do jogo e dos mapas ocorrerem em tempo normal. Tudo rodou liso e sem nenhum problema. Ponto para o D30.

O outro jogo que pude testar foi o GTA V. Sim, pois é, ele mesmo. Para os gamers de plantão (assim como eu), sabem o tanto que esse título em específico é bem pesado e essa fama é justificada. Quem nunca ficou quase 10 minutos ininterruptos com o HD carregando tudo? Dava para tomar uma água, esticar o corpo e ir jogar.

Ao utilizar o SSD da WD_Black, não tive problemas na inicialização em nenhum momento. O jogo carregou bem mais rápido que um HD normal, e eu não precisei fazer qualquer outra atividade nesse meio-tempo. Bacana, não é mesmo?

Brincadeiras à parte, o desempenho do D30 é muito favorável e semelhante a um SSD interno comum, não devendo em nenhum aspecto de sua performance quando o assunto é games.

(Imagem: Ivo/Canaltech)

O WD D30 Game Drive é um SSD externo rápido, eficaz e pronto para seus jogos favoritos.

Já o segundo teste, realizado através dos benchmarks, teve resultado abaixo do informado pela fabricante. Para ser mais exata foram feitos três deles: CrystalDiskMark, ATTO Disk e AS SSD Benchmark. É possível perceber que o resultado foi bastante semelhante entre todos.

Apesar de a WD_Black informar velocidades de até 900 MB/s, podemos verificar números em torno de 400 MB/s. Ressaltando que o ambiente de testes utilizado (meu computador pessoal) tem disponibilidade de uma porta USB 3.1 (1ª geração), abaixo do recomendado pela fabricante (USB 3.1 de 2ª geração).

Mesmo sendo uma diferença considerável, precisamos lembrar que estamos falando de um SSD externo, sendo essa performance (apesar de abaixo do esperado) muito positiva. Mas como nem tudo são flores, caso o usuário pretenda utilizar esse produto no console, algumas limitações devem ser observadas.

As fabricantes dos videogames mais atuais — Playstation 5 e Xbox Series X/S — não permitem que os usuários joguem seus games mais recentes utilizando SSDs externos. Na plataforma da Sony é permitido que o usuário guarde os games no SSD, mas caso queira jogar vai precisar transferi-los de volta para o próprio console. Chato, né?

Isso também acontece com o Xbox, sendo possível jogar somente os títulos mais antigos. Ou seja: caso pense em comprar algum tipo de solução para ter mais espaço para seus games, é importante saber sobre essa característica.

O problema é que essas limitações acabam colocando em dúvida a compra do produto, principalmente quando lembramos do valor dele, em torno de R$ 1.400.

Apesar da performance excelente, o preço do D30 torna-se grande impeditivo na compra do produto, principalmente por existirem outras soluções mais baratas.

Concorrentes Diretos

Dentro das características apresentadas, o principal concorrente do D30 é o SSD externo da Adata, o SC680. Assim como o D30, esse modelo da Adata é leve e fácil de ser transportado, pesando cerca de 35 gramas com 10 mm de espessura.

Sua conexão também é USB-C para USB-A, possibilitando o uso em diversas plataformas — consoles e PC. A taxa de leitura e gravação é de 530/460 MB/s, aproximadamente. Apesar de ser inferior em relação ao SSD da WD_Black, os resultados dos testes sintéticos realizados mostram números bem aproximados ao modelo SC680.

Ambos tem tamanho de armazenamento aproximado, e a principal diferença entre os produtos é o preço. Enquanto o D30 custa em torno de R$ 1.400, o Adata sai mais em conta, por R$ 750.

Conclusão

O SSD da WD_Black, o D30, é um ótimo produto caso você esteja precisando de mais espaço para seus jogos. Tem bom tamanho de armazenamento, é rápido na leitura/escrita e serve para diferentes plataformas (PC e consoles).

(Imagem: Ivo/Canaltech)

A única questão que deixa um gosto agridoce quando falamos do D30 é seu preço, já que existem opções mais baratas — como o próprio modelo da Adata citado mais acima. Mas, tirando esse “pequeno” porém, é um produto com boas características, usabilidade e que com certeza irá te auxiliar no dia a dia.

E você, curtiu o WD D30? Se sim, corra no link abaixo para garanti-lo com o menor preço!

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.