Raspberry Pi chega a 10 milhões de unidades vendidas

Por Redação | 08.09.2016 às 12:21

A Fundação Raspberry Pi anunciou nesta quinta-feira (08) uma marca história, a de 10 milhões de unidades vendidas de seu computador de baixo custo em todo o mundo. A notícia foi divulgada em nota pelo fundador da organização, Eben Upton, que disse não imaginar que a ideia original chegaria a tal patamar e cairia no gosto de tantas pessoas ao redor do globo.

Inicialmente imaginado como uma máquina para projetos de educação, principalmente em programação, e inclusão digital em países emergentes, o Raspberry Pi acabou ganhando corpo justamente por causa de sua versatilidade. A máquina traz tudo aquilo o que precisa para funcionar em uma placa do tamanho de um cartão de crédito, incluindo elementos como entradas USB, HDMI, rede e fones de ouvido, com o restante do trabalho de instalação e configuração ficando nas mãos do usuário.

Levando em conta esses aspectos, Upton afirma que o time original do Raspberry Pi não acreditou que chegariam a 10 milhões unidades vendidas. A variedade de usos encontrados pelas pessoas, que vão desde emuladores de consoles antigos até media centers e até mesmo computadores convencionais, entretanto, diversificou a proposta a tal ponto que o sucesso chegou e motivou uma expansão na equipe e o lançamento de novas versões.

Lançado inicialmente a US$ 35, cerca de R$ 115, o computador ganhou atualizações ao longo do tempo e até mesmo versões ainda mais baratas, como a Pi zero, lançada em novembro do ano passado por apenas US$ 5, cerca de R$ 16. Hoje, quatro anos depois da chegada original do Raspberry Pi ao mercado, Upton afirma que dezenas de milhares de unidades são fabricadas por dia, no Reino Unido, e exportadas para todo o mundo.

A amplitude do projeto ganhou tamanha força que a Fundação Raspberry Pi deve, num futuro próximo, lançar também um kit para iniciantes, sem muito conhecimento em programação, que nem saberiam os primeiros passos a darem com a máquina. Por cerca de R$ 400, a organização vai lançar um pacote que traz a versão mais recente do computador junto com periféricos e cabos, além de um livro com guias das diferentes utilizações da máquina e o caminho a seguir para utilizar seu potencial máximo.

Fonte: Raspberry Pi Foundation