Quase todos os clientes de serviços bancários utilizam app do banco no Brasil

Por Redação | 11 de Setembro de 2015 às 09h03
photo_camera Divulgação

Um levantamento realizado pela Easy Solutions mostrou que o uso do mobile banking na América Latina vem aumentando consideravelmente nos últimos meses. A pesquisa também mostra que, apesar do aumento, o medo de fraudes eletrônicas ainda persiste entre os usuários. O levantamento "Visão dos consumidores latino-americanos sobre fraude eletrônica em 2015" é uma pesquisa anual que está em sua sexta edição. Segundo a empresa, ele tem como principal objetivo entender o conhecimento e as medidas tomadas pelos consumidores com relação às fraudes eletrônicas.

A pesquisa deste ano mostra que 52% dos entrevistados afirmam utilizar serviços bancários móveis - em 2014 esse número era de 44%. O aumento na utilização deste tipo de serviço é geral, em toda a região. México e América Central são as regiões que apresentaram o maior índice de utilização, com 55% e 56%, respectivamente. Ao analisar todos os canais transacionais, a preferência dos usuários pelo mobile banking vem crescendo ano após ano, apesar do Internet Banking ainda ser o preferido.

O aumento do uso de aplicativos bancários para transações eletrônicas foi um dos dados mais relevantes da pesquisa deste ano. Cerca de 65% dos entrevistados afirmaram utilizar aplicativos móveis para se conectarem a serviços bancários ao invés de utilizar o navegador de seus aparelhos. Na região Cone Sul (Argentina e Chile), 56% dos usuários bancários móveis preferem usar o aplicativo do banco para operações. Já no México, esse número é de 63% e na região andina (Colômbia, Venezuela e Equador), 68%. Na América Central, 56% preferem utilizar o navegador de seus aparelhos.

Quase todos os usuários no Brasil (97%) utilizam o aplicativo do banco para se conectarem a serviços bancários móveis. Além desse quesito, os brasileiros também se destacam pelo fato de 38% dos entrevistados se sentirem mais confortáveis em realizar pagamentos e transações com seus smartphones do que em seus computadores.

Apesar do aumento considerável do uso de plataformas mobile para conexões bancárias, o medo de fraude continua sendo um fator determinante para o uso de canais eletrônicos. Cerca de 36% dos entrevistados afirmaram não utilizar a internet para transações por medo de fraude. O fato de não se sentirem seguros de que a transação será realizada corretamente afeta 30%. Já para os que usam a internet, o medo migra para o mobile banking, onde 47% responderam que não utilizam o serviço mobile por causa do medo de fraude. Cerca de 21% não têm certeza se a operação será realizada corretamente.

A pesquisa também revelou uma mudança na maneira dos usuários encararem a segurança. Cerca de 42% dos entrevistados afirmaram que quem possui a maior responsabilidade na segurança das transações eletrônicas é o próprio usuário. No Brasil, 40% acreditam que seus bancos ou instituições financeiras que possuem portais têm a maior responsabilidade em relação a segurança das transações eletrônicas.

O estudo abordou usuários de serviços bancários online com mais de 20 anos de idade em toda a América Latina. Os dados foram coletados entre os meses de maio e junho de 2015.

Via IP News

Fonte: http://ipnews.com.br/telefoniaip/index.php?option=com_content&view=article&id=34756:mobile-banking-aumenta-mas-medo-de-fraude-continua&catid=67:seguranca&Itemid=566

Canaltech no Facebook

Mais de 370K likes. Curta nossa página você!