Promoção em revenda da Apple causa transtorno em shopping na Malásia

Por Felipe Demartini | 06 de Março de 2018 às 18h27
TUDO SOBRE

Apple

Uma grande promoção em uma revendedora da Apple na Malásia causou caos e transtorno em um shopping da capital, Kuala Lumpur. O caso aconteceu na última sexta-feira (2), depois que a Switch, uma das principais lojas oficiais da marca no país, anunciou que liquidaria produtos de estoque e demonstração por valores a partir de US$ 50 – aproximadamente R$ 160 em uma conversão direta.

Os dispositivos tinham quantidades limitadas e apenas 200 produtos, entre smartphones, computadores, iPods e Apple TVs. Isso, entretanto, não impediu que uma fila começasse a ser formada ainda durante a madrugada, com mais de 11 mil pessoas se acumulando nos corredores, estacionamentos e ruas adjacentes do shopping durante as 19 horas que antecederam a abertura da loja, mesmo com a proibição expressa do centro de compras.

Basta dar uma olhada na lista de produtos para entender a comoção. Dez iPhones 5s, por exemplo, seriam vendidas por US$ 50, enquanto a loja teria, ainda, uma unidade do iPad Air 2 Wi-Fi, do MacBook Air de 64 GB e do iMac com tela de 24 polegadas sendo vendidas, respectivamente, por US$ 77, US$ 128 e US$ 255; com valores incrivelmente abaixo do padrão da Maçã.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Antes da promoção, a loja publicou, na internet, uma relação dos produtos e também seu estado de conservação. Como se tratam de unidades de demonstração, elas poderiam ter itens faltando ou pequenas marcas de uso, o que explica o valor baixíssimo e também a oferta em si, uma vez que, com a chegada de dispositivos mais atuais, tais produtos acabam sendo armazenados e ficam sem uso.

A Switch, uma das principais varejistas oficiais da Apple na Malásia, até tentou distribuir senhas e organizar a espera, de forma que apenas aqueles com chance real de conseguir adquirir um produto permanecesse no local. Não deu certo, e na medida em que o tempo ia passando, o transtorno se tornava ainda maior. Ao perceber que não seria capaz nem mesmo de abrir às portas devido à grande multidão que se acotovelava no lugar, a empresa decidiu suspender a liquidação.

Em comunicado oficial publicado no Facebook, a Switch alegou que motivos de segurança levaram a promoção a ser adiada até segunda ordem. A companhia disse não esperar a gigantesca quantidade de pessoas que compareceram ao shopping, e para compensar, iniciou uma promoção com bons descontos em produtos atuais, como o iPhone X e o MacBook Air com tela de 11 polegadas, em todas as suas unidades no país.

Novas datas para a liquidação não foram anunciadas, mas por meio da postagem, a varejista deixou claro que ela deve acontecer em algum momento futuro.

Fonte: The Verge

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.