Nutanix apresenta nova plataforma de cloud privada

Por Stephanie Kohn | 09 de Maio de 2018 às 13h58

A Nutanix, empresa norte-americana de cloud computing fundada em 2009 por ex-engenheiros do Google, apresentou esta semana, durante evento em New Orleans (EUA), sua nova plataforma de cloud privada. Chamada de Era, a plataforma como serviço (PaaS) é focada em cópias de dados que, segundo o IDC, é responsável por 60% da capacidade total de armazenamento com perspectiva de alcançar US$ 55 bilhões até 2020.

Inicialmente, a plataforma vai oferecer suporte a banco de dados Oracle e Postgres com previsão de atender os mais populares banco de dados do mercado. De acordo com Greg Smith, vice-presidente de marketing de produto da Nutanix, com o Era os clientes vão reduzir custos, simplificar o gerenciamento e controlar a segurança dos dados de forma simplificada. “Estamos oferecendo provisionamento de banco de dados e gerenciamento de ciclo de vida em poucos cliques”, comentou.

A novidade está prevista para chegar ao mercado na segunda metade do ano e os valores serão anunciados próximo do lançamento oficial.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Além do Era, a empresa também exibiu durante o evento, o software Nutanix Beam (SaaS) - baseado na tecnologia da Minjar, empresa adquirida em março deste ano -, que funciona com os serviços de nuvem pública AWS e Microsoft Azure, e tem previsão de atender ambientes de nuvem privada baseados em Nutanix.

“O Beam fornece informações do estado da nossa infraestrutura, automatiza tarefas e ainda oferece recomendações de economia de custos, gerando relatórios de faturamento”, informou o executivo.

Os dois produtos, juntos do Flow, um software-define networking (SDN) também anunciado no evento, completam a estratégia da Nutanix de hiperconvergência. “Nós criamos uma nova categoria de produtos, tanto que quando começamos não existia nome para o que fazíamos. Essa é a nossa hiperconvergência. Não oferecemos um pedaço de data center, mas a opção do cliente criar o seu próprio data center com total liberdade”, finalizou Greg.

*A jornalista viajou a New Orleans a convite da Nutanix.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.