Nest registra patente para desenvolver berço inteligente

Por Redação | 03.07.2016 às 19:48

A Nest, adquirida pelo Google em 2014 por US$ 3,2 bilhões, registrou uma nova patente do que poderia ser um berço inteligente (smart baby crib) para ajudar os pais a cuidarem de seus filhos mesmo à distância. Este seria um dos primeiros produtos da empresa sob o comando da Alphabet (empresa-mãe do Google). A patente detalha um berço com diversos sensores capazes de monitorar o sono do bebê, bem como sua temperatura, padrões de movimento e saúde em geral.

O berço inteligente também seria equipado com sensores de ar que poderiam detectar tosses, espirros, vômitos e se a fralda da criança precisa ser trocada. O equipamento também fornece um sistema que não permite que bebê saia do berço ou caia da cerca.

Há outros recursos para ajudar os pais. Caso o bebê comece a chorar, o berço imediatamente projetaria desenhos animados ou alguma canção de ninar para mantê-lo calmo. Se o bebê acordar antes da hora, o berço pode ligar luzes LED que tem como objetivo acalmar gradativamente a criança para que ela volte a dormir.

Berço inteligente

De qualquer forma, a ideia parece interessante, principalmente para pais que possuem alguma deficiência auditiva. Por outro lado, o gadget poderia acostumar os pais a ficarem cada vez mais longe de seus filhos mesmo em uma fase tão importante.

Via TNW