Multilaser Sirius: um roteador para quem busca 4K em várias TVs e jogos online

Tudo sobre

Multilaser

Saiba tudo sobre Multilaser

Ver mais

Atualmente, é comum dizer que roteadores sem fio não são mais necessários. Afinal, grande parte dos provedores de internet já oferecem um modem com roteador sem fio integrado. Mais um caso onde a integração tecnológica torna nossas vidas mais cômodas. Mas será mesmo que realmente não precisamos mais de roteadores? O que um modelo como o Sirius da Multilaser tem de especial que justifique o seu valor?

“Incluso no pacote” e o “algo a mais“

Grande parte dos smartphones vendidos no Brasil traz fones de ouvido, permitindo que o consumidor escute o que quiser desde o dia zero. O que não significa, porém, que o fone de ouvido seja capaz de competir com modelos profissionais, que devem ser comprados separadamente. O modelo incluso é certamente prático, mas está longe de oferecer uma experiência mais, digamos, “sofisticada”. O Sirius seria o fone externo nessa analogia.

Modems mais modernos trazem a praticidade de oferecer um roteador sem fio integrado, é claro, o que atende uma parcela considerável do público. Porém, há casos de uso mais... exigentes. É o caso de quem necessita de conexão forte e estável para jogos on-line, ou possui diversas TVs conectadas a serviços como o Netflix e Amazon Prime simultaneamente. Ou ambos, de quebra com um sinal mais poderoso para pegar bem na casa inteira para o smartphone e o iPad.

Então aqui é mais uma questão de conseguir distribuir uma conexão estável — e com sinal forte — para uma variedade de aparelhos simultaneamente. Um trabalho maior do que simplesmente usar toda a banda disponível para fazer um download, diga-se. Este é o “algo a mais”, e o Sirius se sai muito bem nesse papel.

Números, siglas e tecnologias

O Sirius é um modelo AC2600, o que significa que ele suporta velocidades de 2600 Mbps no padrão n (802.11ac), com gigabit nas conexões cabeadas. Também conhecido como: muita, muita coisa. É uma capacidade muito maior do que a grande maioria dos planos de internet por aí (foi testado em um plano de 240 Mbps, que nem faz cócegas nele), de forma que o ganho dele acaba sendo na rede local.

Isso causa um efeito muito curioso: quando colocamos filmes para serem transferidos entre uma máquina e um disco em rede (ambos wifi ac), quem acabou limitando a velocidade de transferência foi o SSD SATA, trabalhando com 520 Mbps de escrita. Problemas de primeiro mundo. O que não acontecia com o modem da provedora, já que trabalha com o padrão n (802.11an).

De qualquer forma, o desempenho dele em streamings locais é notável. Colocamos dois filmes 4K HDR (h265) em duas TVs, simultaneamente, e não houve travamentos, mesmo com um vídeo rodando no YouTube no smartphone. Um teste, aliás, que tivemos que reproduzir com o modem da provedora, já que não é algo rotineiro por aqui (e sim, ele engasgou). Nesse ponto o processador dual-core do Sirius mostra a que veio.

Mais do que isso, a Multilaser afirma que ele cobre uma área de até 300 m². Não tivemos esse espaço todo à disposição, mas ele é notoriamente superior ao roteador utilizado anteriormente, um modelo também ac (AC1200) que não nomearemos, cobrindo todas os pontos cegos no ambiente. Um problema comum por aqui, aliás, já que as paredes são de concreto usinado, o que é ótimo para a qualidade de vida, mas péssimo para o sinal Wi-Fi. Um bunker residencial, por assim dizer.

Um ganho especialmente apreciado em smartphones e tablets, diga-se de passagem. Aqui entra não somente a superioridade do padrão ac em relação ao n, mas também a capacidade das oito antenas de 5 dBi do Sirius de enviar um sinal forte e estável para uma variedade deles funcionando simultaneamente. No caso, oito deles, coincidentemente, entre smartphones, tablets, TVs, Alexas e discos na rede.

Para encerrar a parte técnica, vale dizer que o Sirius conta com a tecnologia MU-MIMO. O “MIMO” significa “Múltiplas Entradas, Múltiplas Saídas”, que basicamente usa várias antenas para melhorar a transmissão de dados, enquanto o “MU” significa que múltiplos usuários/dispositivos podem usar esse recurso. Não é possível “ver” exatamente isso na prática, mas a tranquilidade que esse roteador tem de lidar com várias coisas ao mesmo tempo é certamente resultado disso.

Visual e conclusão

Por que colocar o item visual na conclusão? Simples: o único ponto “negativo”, ainda que esta não seja a expressão que gostaríamos de usar, é que o Sirius é um roteador para lá de grande. Suas dimensões exatas são 273 X 182 X 65 mm, sem contar as antenas.

Este tamanho, combinado com suas oito antenas também nada pequenas, de noite, com um LED azul piscando e a sombra apropriada certamente lembra um aracnídeo gigante do mal. Este é um ponto que o usuário deve ter em mente, ainda que não seja exatamente algo “negativo”. Mas o fato é que ele não fica discreto em nenhuma mesa.

Lembra ou não um aracnídeo gigante??

Dito isso, é um roteador praticamente isento de defeitos, e a Multilaser certamente está apostando alto na sua durabilidade. Afinal, oferece 7 anos de garantia, o que é bastante coisa. Seu preço também não é amigável: R$ 849,90, e mesmo que ele possa ser encontrado por valores bem mais acessíveis, já demonstra que ele foca em quem realmente precisa dos recursos oferecidos.

Se precisar convencer alguém da sua casa a investir esse dinheiro nele, uma boa estratégia é citar uma lista de siglas, números e nomes estranhos: IPv6, MU-MIMO, 5 dBi, QoS, WPS, AC2600, beamforming, LAN gigabit e coisas do tipo. Se não funcionar, bom, você pode tentar dizer que o smartphone terá um excelente lugar em qualquer lugar da casa, ou mesmo fora dela, se você estiver bem perto da porta de entrada.

Vale a pena? Sim, se você possui uma quantidade enorme de aparelhos conectados e precisa de uma cobertura maior, costuma jogar on-line e assistir streamings de filmes em 4K em duas ou mais TVs simultaneamente. Mas o preço é realmente quase tão assustador quanto a caricatura da aranha maligna que fizemos.

Pontos positivos

  • Cobertura excelente nas duas bandas (2.4 GHz e 5.0 GHz);
  • Não tem medo de encarar uma quantidade enorme de dispositivos. Nem vários streamings simultaneamente;
  • 7 anos de garantia (7 ANOS DE GARANTIA!);

Pontos negativos:

  • Preço alto, mas é possível encontrá-lo por valores mais acessíveis;
  • O bicho é realmente grande.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.