Manifesto Mobile: Carta aberta aos líderes de inovação das empresas

Por Henrique von Atzingen | 17 de Novembro de 2015 às 08h26

Um brinde! Temos todos que comemorar. Alcançamos a maioridade tecnológica no que é possível fazer com a tecnologia mobile. Esse pequeno notável que anda colado em nós todos os dias pode tudo. Podemos assistir vídeos, pedir uma pizza, ou até ver quanto tempo levaremos para ir de ônibus “turistar” um museu. Por trás de tanta tecnologia temos o ingrediente principal: pessoas.

São essas que criam os maravilhosos apps e também são as pessoas que os usam. O mais importante são as pessoas, sempre. Aliás, a grande inovação que o iPhone trouxe em seu lançamento em 2007 foi colocar os usuários em primeiro lugar pensando na famosa usabilidade e experiência do usuário.

Por isso resolvi escrever essa carta aberta e direcionada às pessoas que lideram a inovação tecnológica dentro de suas empresas. Você que é CIO, CMO, CDO ou mesmo você que não tem um cargo com acrônimos mas que carrega a bandeira da inovação, sente-se e leia de coração aberto esta carta.

Nós usuários dos sistemas de tecnologia não queremos mais lidar com interfaces feias e mal elaboradas do ponto de vista de usabilidade. Aqueles formulários longos com vários campos a serem preenchidos são coisa do passado. Digitar em campos de texto no smartphone? Nem pense nisso, use outras formas de inserir esses dados. Não me pergunte onde estou, use o GPS. Não me peça meu nome e sobrenome, use login social. Não coloque uma tela de cadastro como obrigatória antes mesmo que eu possa saber se seu app tem valor para mim. Só vou preencher cadastro se sentir valor, logo me deixe entrar nele sem me cadastrar. Use o push notification, mas o use com inteligência. Não quero receber pushs toda hora. Mostre que sua empresa é inteligente ao enviá-los e garanta que sempre vai me entregar valor.

Facilite minha vida. Como diria “Zé Colmeia”, eu e a maioria dos ursos não gostamos de fila. Utilize o mobile e o pré-cadastro de pagamento para me tirar dela. “Uberize” seu modelo de pagamento. Não me faça gastar energia desnecessariamente. Eu já não quero mais ir a sua loja, quitanda, agência, ou qualquer nome dado ao seu estabelecimento físico para não ser atendido prontamente. Digo mais, quando eu precisar fazer isso, quero ser atendido por alguém que me conheça, já saiba minha demanda e tenha o poder de resolvê-la.

Veja bem, isso significa que você pode criar apps para serem usados pelos seus funcionários. Nem sempre a solução é criar um app para mim. Uma enfermeira, um médico, um assistente social, um gerente de banco, um vendedor de loja, pode ter seu app específico para me atender de forma excepcional. O Natal está chegando, eu não quero ser atendido por um vendedor que não saiba me responder se o tamanho M para a camisa que preciso tem no estoque da loja. Não quero ter que pegar uma fila para pagar pela camisa. Coloque um app nas mãos de seus vendedores de loja para me faturarem ali mesmo onde estou. Não quero pegar fila para cadastrar minhas compras no shopping e concorrer à promoção do carro. Dê-me um app para fazer isso.

Acredito que fui claro. Acredito que listei menos de 1% das possibilidades de melhoria de nossas vidas que podem ser lideradas por você. Faça acontecer! É fácil. É barato. É transformador. Todos nós agradeceremos com fidelidade à sua marca.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.