Mais uma: Intel também quer USB-C no lugar da conexão P2 em fones de ouvido

Por Redação | 27.04.2016 às 21:50

A entrada P2 para fones de ouvido é um dos componentes mais antigos e um dos poucos que não sofreram mudanças em quase toda a história dos eletrônicos. Esse fator sempre trouxe uma vantagem para os aparelhos que usam desse sistema por que simplesmente torna compatíveis coisas que podem ter vários anos de diferença em suas fabricações. Agora, algumas empresas estão considerando abandonar esse saudoso conector para dar lugar ao USB Type-C, que traria todas as vantagens de uma transmissão digital no lugar de uma analógica, como é no P2.

Até aí nenhuma novidade, certo? Bem, acontece que a Intel também parece ter concordado com a ideia e lançou uma proposta onde afirma que a adoção de um padrão digital possibilitaria uma múltipla eficiência das portas presentes num gadget, maior transmissão de energia e, com isso, maior transmissão de dados, inclusive. Basicamente, um conector que não precisa converter um sinal digital para um sinal analógico, como ocorre hoje, também poderia transmitir outros dados e controlar aspectos mais detalhados do som a ser reproduzido.

Isso soa bastante interessante quando falamos de aparelhos mais caros onde há sim um apelo musical mais forte e mais focado em qualidade sonora, mas com certeza a dúvida que fica é: esses avanços em transmissão realmente compensam ter de trocar algo tão disseminado nos dias de hoje? Para alguns soa como se tentassem reinventar a roda; por mais que essa nova roda seja muito melhor, muito mais inteligente e eficiente, será mesmo que essas vantagens pagam o esforço envolvido na sua implementação?

USB C

(Imagem: Engadget)

Como resposta a isso, temos o fato de que essa implementação já está acontecendo. Nesse mês a fabricante chinesa LeEco lançou dois smartphones sem entradas para fones de ouvido. Os aparelhos contam com uma única entrada USB-C para tudo o que for necessário (azar o seu se quiser ouvir uma música enquanto o seu smartphone está carregando). Na verdade, nem precisamos ir tão longe assim para constatarmos essa realidade: desde o início do ano há rumores de que a Apple deve fazer o mesmo no iPhone 7 e matará não só o TRS P2 como também o conector proprietário Lightning, substituindo ambos por uma única entrada USB-C. A JBL também anunciou fones de alta-qualidade com o novo conector.

De fato, não há motivos sólidos para o abandono do padrão analógico em smartphones. Embora tenhamos de concordar que eles trariam sim uma vantagem no futuro, muitos desses recursos não passam de devaneios que sequer foram passados para o papel ainda. É muito difícil ver essa mudança como algo necessário e não como uma simples aposta em recursos que podem vir a ser, mas ainda não são, vantajosos.

Por fim, se há algo bom que podemos tirar disso tudo é que se a adoção da conexão USB Type-C realmente substituir a entrada P2, ao menos essa mudança deve ocorrer de forma rápida e com o apoio de uma boa parcela das empresas envolvidas em eletrônicos.

Via: The Verge