Mais de 9 milhões de headsets de realidade virtual chegarão ao mercado neste ano

Por Redação | 25.04.2016 às 15:06

De acordo com a empresa de análise e pesquisa IDC, 2016 será o melhor ano para os dispositivos de realidade virtual. Um novo estudo da empresa revela que cerca de 9,6 milhões de headsets de realidade virtual serão despachados neste ano, sendo a maior parte deles soluções que utilizam os smartphones como tela principal. O número é muito maior do que as 350 mil unidades que estiveram disponíveis para venda no ano passado.

A projeção da IDC é que 2 milhões de headsets da Oculus, HTC e Sony sejam comercializados em 2016, ainda que eles estejam apenas chegando ao mercado. O Oculus Rift é o único que já começou a ser vendido, com lançamento no mês passado. O HTC Vive deve começar a ser vendido ainda este mês, enquanto que o PlayStation VR da Sony estará disponível para venda apenas em outubro. Vale lembrar que soluções como o Google Cardboard não foram incluídas nos dados.

Quanto aos dispositivos como o Gear VR da Samsung, a pesquisa afirmou que eles serão os principais dispositivos para acesso dos consumidores à realidade virtual. Apesar de requerer um smartphone capaz de trabalhar com vídeos em alta qualidade, sensores que possam monitorar o movimento e outros configurações para que o usuário possa sentir a impressão de imersão, acredita-se que as fabricantes devem apostar principalmente nesta solução para acelerar a sua adesão à realidade virtual.

As informações da IDC ainda revelam qual será o principal motivo que levará os consumidores a comprarem headsets de realidade virtual neste ano. Para Lewis Hard, diretor da empresa, os jogos desenvolvidos para VR serão responsáveis pelo maior número de vendas de headsets. Segundo ele, vários jogos devem chegar no final do ano, quando as vendas de Natal aquecem o mercado.

Apesar de ainda contarem com pouco suporte e não estarem prontos para comercialização, a IDC também chamou a atenção para os dispositivos de realidade aumentada, como o HoloLens da Microsoft, indicando que eles deverão representar boa parte desse mercado no futuro. Aliás, em relação ao futuro, a IDC projetou que em 2020 os embarques de headsets VR devem atingir 64,8 milhões de unidades.

Fonte: IDC