Google quer matar o padrão Qualcomm Quick Charge e usar apenas USB-PD no Android

Por Leonardo Pavini | 10 de Novembro de 2016 às 20h41
TUDO SOBRE

Qualcomm

O novo padrão de conexão USB-C está causando um alvoroço na indústria de gadgets e computadores. E por uma boa causa: é muito mais fácil carregar um dispositivo por este padrão e usar a mesma porta para também transferir dados do que ter um tipo de entrada diferente para cada tipo de necessidade. No entanto, pelo fato de smartphones e notebooks suportarem diferentes padrões de carregamento, a velocidade de carga pode ser mais lenta quando o carregador de um for usado no outro.

Isso porque há dois tipos de padrões lá fora que estão competindo entre si no quesito recarga de bateria: o Qualcomm Quick Charge e o USB Power Delivery (USB-PD). A Qualcomm praticamente monopolizou o mercado de SoCs para smartphones premium, então é óbvio que estes modelos já contam com o padrão de carregamento da mesma fabricante. No entanto, os SoCs da Qualcomm não participam do mercado de notebooks — portanto, os novos aparelhos (fabricados pela Apple, Google, Acer, HP e demais empresas) que já contam com entrada USB-C usam, por dedução, o padrão de carregamento USB-PD. Na prática, um não é melhor que o outro, mas o problema da compatibilidade acaba prejudicando a velocidade de carga, se o usuário usar outro tipo de carregador.

Tentando estabelecer um padrão de carregamento rápido e universal, o Google resolveu pedir para todas as fabricantes de componentes para smartphones Android deixarem de lado o padrão da Qualcomm e usarem o USB-PD em seu lugar. Inclusive, em uma documentação oficial relacionada à compatibilidade do Android, a companhia escreve que o Quick Charge é um método não aprovado, e que os carregadores USB-C funcionam melhor com o padrão USB-PD.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Trocando em miúdos: a partir de agora, o Google pretende "matar e enterrar" o padrão da Qualcomm em smartphones Android. Depois que o USB-PD chegou no mercado, parece que a tendência a ser seguida é exatamente a de deixar de lado o método da Qualcomm e usar apenas o USB-PD nos dispositivos do futuro. Vinda do Google, que é extremamente influente no mundo da tecnologia, uma ordem dessas tem poder suficiente para decretar a morte do padrão de carregamento da Qualcomm em muito menos tempo do que se imagina.

Com informações do Ars Technica

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.