Ford testa carros autônomos em ambientes completamente escuros

Por Redação | 11 de Abril de 2016 às 13h40
photo_camera Divulgação/Ford

A fim de verificar como os seus carros autônomos se saem em ambientes com baixa ou nenhuma iluminação, a Ford anunciou nesta segunda-feira (11) que realizou testes em uma pista fechada e completamente escura, sem sequer um único feixe de luz iluminando o caminho do veículo. E o mais surpreendente é que tudo correu perfeitamente bem ao longo das provas.

“O propósito de realizar este teste à noite era testar uma situação na qual houvesse pouca iluminação”, comentou o diretor da divisão de veículos autônomos da Ford Randy Visintainer em entrevista ao Tech Insider. “Nós levamos isso ao extremo e fomos para a escuridão completa.”

Para se ter uma ideia do nível de escuridão, foi preciso usar óculos e câmeras com visão noturna para ser capaz de simplesmente ver os carros na pista de provas. Ao longo dos testes — todos realizados no último mês de março —, os veículos se moveram a 96 km/h em trajetos repletos de curvas.

Tecnologia LiDAR

O grande trunfo da Ford para mostrar que seus carros autônomos conseguem se sair perfeitamente bem em circunstâncias nas quais nem mesmo um humano sem equipamentos apropriados conseguiria dirigir é o uso da tecnologia LiDAR. Este método consiste na utilização de emissões de lasers a partir do veículo, o que permite a ele compreender o local em que se encontra, identificar objetos próximos e também o sentido da estrada.

Usando o dispositivo Ultra Puck, que emprega esta tecnologia e é fabricado pela Velodyne, os veículos da fabricante estadunidense conseguem ampliar a capacidade de seus sensores para um raio de 200 metros a mais do que as versões anteriores. Além disso, este recurso também cria mapas e modelos a fim de aumentar a precisão dos veículos. O resultado disso é uma frota de carros mais inteligentes e capazes de guiar mesmo sob circunstâncias adversas, como o mais completo breu.

Fonte: Tech Insider

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.