DJI anuncia novos controle remoto, óculos para controlar drones e mais produtos

Por Redação | 24 de Abril de 2017 às 13h17
photo_camera Divulgação

A DJI anunciou nesta segunda-feira (24) várias novidades para sua linha de produtos. Entre elas estão um novo estabilizador para câmeras e acessórios para drones.

No campo dos vants (veículos aéreos não tripulados), a empresa revelou os óculos "Goggles", que vão permitir aos pilotos guiar seus drones com um simples movimento de cabeça. O gadget para visão em primeira pessoa (FPV) torna possível visualizar em Full HD (1.920 x 1080), que é mais do dobro de pixels do que as típicas telas 2K, tem um sistema de transmissão wireless OcuSync da DJI, em que até dois óculos podem se conectar simultaneamente a um mesmo Mavic Pro, e os arquivos gravados via podem ser armazenados num cartão microSD. Também é possível usar o aparelho para assistir filmes e jogar.

Os Goggles contam com uma estrutura desmontável para facilitar o transporte em pequenas bolsas, e foram projetados para distribuir o peso por toda a cabeça, reduzindo a pressão sobre o rosto de modo que os óculos não causem desconforto, mesmo após horas de uso. O piloto ainda pode usar óculos de grau com o Goggles por cima sem sentir incômodo usando ambos acessórios.

Segundo a empresa, os Goggles serão lançados em 20 de maio de 2017 por US$ 499.

Ronin 2

A DJI também apresentou o estabilizador de câmeras Ronin 2. O equipamento oferece uma maior estrutura e braços extensíveis de 50 mm com ampla capacidade de sustentação para vários itens de até 13,6 kg, desde DSLRs a até conjuntos cinematográficos completos. E com a ajuda de um GPS incorporado, a estrutura tem a mesma precisão subpixel de 0,02 graus que os usuários estão acostumados com o primeiro Ronin, mesmo que ele esteja em deslocamento de até 120 km/h.

Além disso, o Ronin 2 possui um suporte de desencaixe rápido facilita passar de uma cena a outra, sem cortes ou interrupções, dando aos diretores mais liberdade para explorar todas as possibilidades de controle de estabilização de imagem. O novo sistema de controle à distancia com banda dupla 2,4/5,8 GHz minimiza interferências ao controle total quando o Ronin 2 é operado remotamente, mesmo que a operação provenha de duas pessoas a uma distância aproximadamente de 1,5 km.

Também é possível controlar o estabilizador via aplicativo de celular. Foram incluídos novos recursos voltados para executar com facilidade movimentos de câmera complicados que anteriormente exigiam a participação de profissionais especializados ou equipamentos extra, graças às inovações nos modos Panoramic, Timelapse e a atualização do sistema inteligente SmoothTrack.

Crystal Sky

Novos monitores dedicados da família Crystal Sky foram anunciados. Com telas mais brilhantes, os displays possuem até 2.000 cd/m2, quatro vezes mais nítidas do que os smartphones ou tablets atuais, permitindo que imagens possam ser vistas claramente, mesmo em plena luz do dia. Os monitores estão disponíveis em versões de 5,5 e 7,85 polegadas, se conectam diretamente ao controle Cendence e utilizam um novo suporte específico para encaixar-se em outros controles remotos DJI. Além disso, foram projetados para atuar em temperaturas entre -20 e 40 graus Celsius, e podem funcionar até 6 horas, sob condições ideais, utilizando uma bateria externa secundária.

Os novos Crystal Sky estarão disponíveis em breve em três configurações: 5,5 polegadas e 1.000 cd/m2 por US$ 469; 7,85 polegadas e 1.000 cd/m2 a US$ 699; e 7,85 polegadas e 2.000 cd/m2 por US$ 999.

DJI Circle

O DJI Circle é um serviço premium que fornece uma solução para as restrições de companhias aéreas ao embarque de algumas baterias. Pagando uma assinatura anual, o usuário pode alugar até cinco baterias da própria DJI nos lugares em que irá visitar. O Circle será lançado em maio, inicialmente para clientes nos Estados Unidos e China continental, com preços a partir de US$ 4.699 por ano.

Cendence e Tracktenna

Outros itens revelados pela DJI são o Cendence e a Tracktenna. O primeiro é um controle remoto multiplataforma, podendo ser acoplado a smartphones, tablets e telas Crystal Sky, e que vem equipado com uma bateria que dura até quatro horas; o aparelho será vendido ainda neste ano por US$ 999. Já a Tracktenna é uma antena de alta performance que pode transmitir dados a até 10 km de distância em velocidades de até 10 Mbps a 2 km. O dispositivo opera com bandas de frequências entre 2,4 GHz e 5,8 GHz, e a data de lançamento e valores serão anunciados em breve.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.