Canon do Brasil anuncia Masaharu Choki como CEO e linha de impressoras WG7200

Por Wellington Arruda | 26 de Fevereiro de 2019 às 15h10
Tudo sobre

Canon

Saiba tudo sobre Canon

Ver mais

A Canon do Brasil anunciou nesta terça-feira (2), em evento realizado na cidade de São Paulo, o seu novo CEO e o primeiro produto do ano. Masaharu Choki, que tem mais de 33 anos de experiência na Canon, teve também a companhia de Fabiano Peres, gerente de revendas, e dos diretores Tamaki Hashimoto e Shohei Hizawa para apresentar a nova linha de impressoras WG7200.

Para o Brasil, a Canon estipulou que serão lançados os modelos multifuncionais WG7200 e WG7240. Como dito por Peres, os produtos são ideais para escritórios com espaço limitado, mas são regidos por pilares que incluem velocidade (produtividade), qualidade de impressão (colorida e/ou preto e branco), conforto (usabilidade simples) e “menos manutenção.”

Masaharu Choki, CEO da Canon do Brasil à esquerda, e Tamaki Hashimoto, executivo de produtos inkjet, à direita.

A companhia inclui em seus mercados-alvo locais de home office, pequenos escritórios (até 20 colaboradores) e pequenas e médias empresas (até 500 colaboradores).

Na ocasião, os representantes da Canon afirmaram que as novas impressoras foram projetadas “intencionalmente para ter um baixo custo total de propriedade e com pouca ou quase nenhuma necessidade de manutenção.”

Um outro ponto citado pela equipe de comunicação da Canon do Brasil é que eles adotaram um novo lema: "Entre nessa nova onda com a Canon". A companhia deve focar mais nos seus consumidores com abordagem mais próxima.

Nova impressora da Canon do Brasil será disponibilizada no início do segundo semestre de 2019. (Foto: Derek Keller/Canaltech)

A empresa também cita que as impressões monocromáticas e coloridas são produzidas na mesma velocidade, que é de até 80 páginas por minuto no modo normal ou 50 páginas no modo de alta qualidade. Cada impressora vem com duas bandejas, e elas “aceitam diversos tipos de papel, desde envelopes e papel longo, até papel fotográfico.” A companhia espera atender, além de escritórios, outras áreas de atuação do mercado nacional.

Os valores exatos para as tintas ou das próprias impressoras não foram anunciados no evento. A companhia cita que o equipamento deve fazer sua chegada no mercado brasileiro no começo do segundo semestre (entre maio e junho). O preço inicial sugerido, porém, é de R$ 35 mil.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.