Apple Stores são o "maior produto" da companhia de Tim Cook

Por Redação | 12 de Setembro de 2017 às 14h47

Nesta terça-feira (12), durante o evento de lançamento de novos produtos da Apple, a chefe de vendas Angela Ahrendts subiu ao palco do Steve Jobs Theater para anunciar boas novas a respeito das lojas da Maçã. 

Segundo a executiva, mais de 500 pessoas visitam cada loja todos os dias, e para manter isso e conseguir crescer ainda mais, a empresa aposta todas as suas fichas em excelente experiência de serviços e produtos para o consumidor. Além disso, ela revelou que a Apple está inovando a forma de comprar em suas principais (e maiores) lojas: a partir de outubro, haverá salas colaborativas para os usuários, fóruns públicos, o Genius Grove e muito mais. 

Ahrendts anunciou a ainda que a empresa está abrindo mais "Town Squares" (aparentemente, assim foram rebatizadas as novas lojas da empresa), que seriam, segundo a Apple, verdadeiras praças de produtos, voltadas para a interação entre os usuários, espalhadas em várias cidades ao redor do mundo. Os investimentos continuarão crescendo tanto para as lojas físicas quanto para as online, aliás, já que as Apple Stores são "o maior produto" da companhia.

Paris, Nova York e Chicago serão as primeiras cidades a receber as novidades: na capital francesa, uma megaloja será inaugurada em breve; já na Quinta Avenida, em Nova York, o Apple Cube voltará à ativa e receberá as novidades interativas em seu interior; já Chicago receberá uma Apple Store novinha em folha no dia 20 de outubro.