Apple em 2020: analista antecipa óculos de realidade aumentada e iPhone SE 2

Por Rafael Arbulu | 09 de Outubro de 2019 às 15h30
Unsplash
Tudo sobre

Apple

Saiba tudo sobre Apple

Ver mais

A Apple mal lançou três novos modelos de seu smartphone — iPhone 11, iPhone 11 Pro e iPhone 11 Pro Max — e já tem gente especulando sobre o que esperar da empresa de Cupertino para o ano que vem. E, desta vez, as previsões estão sendo feitas por alguém que entende do assunto.

Segundo um relatório divulgado na China e obtido pelo blog 9to5Mac, o analista de mercado especializado na Apple, Ming-Chi Kuo, antecipa a entrada da empresa em outros setores de atuação. Especificamente, o analista espera que, em algum momento do segundo trimestre de 2020, a companhia deve lançar um par de óculos de realidade aumentada, o que a colocaria em confronto direto com Epson e Google, no caso de ofertas para empresas; e Snap, para ofertas voltadas ao consumidor.

Analista de mercado prevê que a Apple vai lançar dois novos Macbooks, pelo menos um novo iPhone e óculos de realidade aumentada entre o primeiro e segundo semestres de 2020

Kuo também espera que uma nova versão “enxuta” do iPhone — que ele chama de “iPhone SE 2” — deve aparecer até o final do primeiro trimestre do ano que vem, acompanhada de um novo modelo do iPad Pro. O novo tablet, na visão do analista, deve vir com um inédito (ao menos, inédito para a Apple) sensor de tempo de vôo na câmera traseira, aprimorando as capacidades fotográficas do aparelho no que tange à profundidade.

Finalmente, Ming-Chi Kuo espera que um novo Macbook vá aparecer no segundo trimestre. Para ser claro, esse provavelmente não é o modelo com display de 16 polegadas que o próprio Kuo antecipou em previsões anteriores, mas algo totalmente novo. O aparelho deve, inclusive, abandonar de vez o padrão de teclado que a Apple vem usando desde 2015 (conhecido como butterfly keyboard), favorecendo um novo design (o especulado scissor-switch).

Ming-Chi Kuo, analista da KGI Securities, é conhecido como o mais preciso especulador de produtos e serviços da Apple no mundo, tendo acertado várias de suas previsões ao longo dos anos

Por se tratar da Apple, é evidente que não há nenhum comentário oficial por parte da empresa. Entretanto, Ming-Chi Kuo, que trabalha na empresa taiwanesa KGI Securities, adquiriu fama global como “o mais preciso analista da Apple no mundo” por quase sempre acertar suas previsões. Foi ele quem adivinhou, antecipadamente, o adiamento do iPhone 4 em abril de 2011, a inclusão do display de retina, o Touch ID no Macbook em 2012 e diversos detalhes do iPhone 5s em 2013.

Vale ficar de olho.

Fonte: 9to5Mac

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.