Android apresenta menos falhas do que o iOS, segundo estudo

Por Redação | 29 de Agosto de 2016 às 08h29
photo_camera Reprodução

De acordo com uma pesquisa feita pelo instituto indiano Blancco Technology Group, o Android se sobressaiu em relação ao iOS quando aplicados testes de desempenho. Ambos os sistemas foram avaliados nos quesitos frequência de travamento de aplicativos, erros de mau funcionamento do sistema, falhas no Wi-Fi, problemas com bateria, câmera, touchscreen e interrupção de sinal.

Baseado em ferramentas de diagnóstico desenvolvidas pelo próprio instituto, e usando dados coletados no segundo trimestre de 2016, o grupo descobriu que o índice de falhas do sistema operacional móvel dos iPhones e iPads chegou a 58%, enquanto no mesmo período o Android se mostrou muito mais estável, com 35% de erros. De acordo com o Blancco, a principal versão responsável pelas falhas na sexta geração de smartphones da Maçã seria o iOS 9.3.1.

O aparelho da Apple que apresentou o maior número de erros foi o iPhone 6, com 29%, seguido pelo iPhone 6S, com 23%, e o iPhone 6S Plus com 14%. Nos Androids, o ranking listou a Samsung com 26%, Lenovo com 17%, LeTV com 17%, Motorola com 11% e Asus com 7%. E os aplicativos foram os principais vilões para o iOS, sendo responsáveis por 65% das falhas, seguidos pela conectividade Wi-Fi (11%), pela estabilidade do headset (4%), pelos dados móveis (4%) e recepção de sinal (2%). Já no Android, a principal causadora de falhas é a câmera (10%), seguida pela bateria (5%), pelo touchscreen (7%) e pelo alto-falante e microfone (5% cada).

Ainda de acordo com o estudo, os apps com maior índice de falhas foram o Snapchat, apresentando 17% dos erros no iOS, e o Google Play Services, com 21% de falhas no Android. No sistema operacional móvel da Apple, o ranking dos aplicativos mais problemáticos trouxe na sequência o Instagram (14%), Facebook (9%), Facebook Messenger (5%) e Google (3%), enquanto no Android os apps mais defeituosos foram o Google Contacts Sync (5%), Address Book (5%), Photos (5%) e TouchWiz Home (5%).

Fontes: Blancco, Tech Times

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.