Volume de dados móveis dobrou de 2011 para 2012, segundo relatório

Por Redação | 20 de Fevereiro de 2013 às 14h35

Um relatório da Ericsson sobre mobilidade mostrou que a quantidade global de dados carregados em redes móveis dobrou entre o quarto trimestre de 2011 e o mesmo período de 2012. O crescimento da adesão desse tipo de serviço na China e em países emergentes colaborou para essa alta.

Na comparação anual entre os últimos trimestres de 2011 e 2012, as assinaturas de banda larga móvel cresceram cerca de 50%. Atualmente existem 4,4 bilhões de assinantes móveis em todo o mundo (o total é de 6,3 bilhões de assinaturas móveis, levando em conta que uma pessoa pode ter mais de um telefone ou dispositivo conectado). Já o volume total de conexões aumentou 28% entre o terceiro e o quarto trimestre do ano passado.

Lembrando que os números apresentados no relatório não levam em conta o uso de redes Wi-Fi por dispositivos móveis, portanto, os números reais de tráfego mobile seriam bem maiores se o tipo de conexão que as pessoas utilizam fosse analisado.

Entre os maiores índices de crescimento em assinaturas móveis hoje em dia, os destaques ficam para a China, o resto da Ásia-Pacífico e África. Durante 2012, a China ganhou 30 milhões de novos assinantes móveis, enquanto a Índia recebeu 11 milhões, Bangladesh 9 milhões, Indonésia 8 milhões e 5 milhões na Nigéria.

Assinaturas móveis_Ericsson

Em mercados emergentes, muitas vezes o celular é o primeiro computador que os usuários adquirem, o que torna as oportunidades de vendas nesses locais surpreendentes. Vale lembrar também que quem ainda impulsiona o mercado da telefonia móvel são os smartphones, que representaram 40% dos aparelhos vendidos no setor em 2012.

Leia também: Tráfego global de dados móveis deve crescer 13 vezes até 2017, aponta pesquisa

Inscreva-se em nosso canal do YouTube!

Análises, dicas, cobertura de eventos e muito mais. Todo dia tem vídeo novo para você.