Vendas de impressoras 3D para usuários finais representam 46% do mercado

Por Redação | 25.06.2014 às 16:30
photo_camera Divulgação

De acordo com um estudo realizado pela Canalys, empresa de pesquisa de mercado, a venda de impressoras 3D para consumidores aumentou no primeiro trimestre de 2014. Os dados da pesquisa mostraram que 46% das vendas deste tipo de impressora foram feitas diretamente para os consumidores finais, e não para as empresas. De acordo com informações do IDG Now!, em 2013 este percentual era de 43%.

Um dos motivos que justificam o aumento das vendas das impressoras 3D é o preço. Segundo a Canalys, aproximadamente 67% das impressoras custaram menos de US$ 10 mil. Outro fator que atraiu os consumidores ao mercado das impressoras 3D foi a expansão de projetos baseados em crowdfunding.

Sobre este assunto, Tim Shepherd, Analista Sênior da Canalys, revelou: "um grande número de impressoras 3D de baixo custo, normalmente produzidas por start-ups, está sendo financiado por meio de sites de crowdfunding como o Kickstarter e Indiegogo. A rapidez com que esses projetos atingem seus objetivos de financiamento mostra que os sites de crowdfunding representam uma fonte viável de financiamento nesta área e, mais importante, de viabilidade de aquisição pelo consumidor final".

Enquanto isso, as impressoras industriais de alto nível, que custam mais de US$ 100 mil, representam apenas 1% das vendas unitárias.