Tráfego global de dados móveis deve crescer 13 vezes até 2017, aponta pesquisa

Por Redação | 08.02.2013 às 08:50

A nova pesquisa Global Mobile Data Traffic Forecast, divulgada pela Cisco nesta quarta-feira (6), aponta para um crescimento de 13 vezes no tráfego global de dados móveis nos próximos cinco anos, chegando a 11,2 Exabytes por mês.

Smartphones, laptops e tablets serão responsáveis por 93% do tráfego global de dados móveis em 2017. O tráfego M2M (o chamado machine to machine, como GPS em carros e sistemas de rastreamento de ativos) representará 5% e os aparelhos celulares básicos, 2%. Em relação aos dispositivos fixos, o tráfego móvel deve crescer três vezes mais até 2017.

O maior crescimento será do Oriente Médio e África, que terão uma taxa composta de crescimento de 77%, ou 17,3 vezes, até 2017. Por outro lado, a Ásia e o Pacífico serão os responsáveis pela maior quantidade de geração de dados, com 5,3 Exabytes por mês até 2017.

No Brasil, a projeção é de um aumento de 12 vezes no tráfego de dados móveis, com uma taxa anual composta de crescimento de 65%. Em 2017, o país atingirá 0,25 Exabytes de geração de dados por mês, o equivalente a 63 milhões de DVDs por mês, ou 693 milhões de mensagens de texto por segundo.

O tráfego de dados será 134 vezes maior do que todo o táfego IP (fixo e móvel) gerado no ano de 2000, equivalendo a 30 trilhões de imagens do Instagram - ou 10 imagens diárias, de cada pessoa na Terra, por um ano inteiro - ou 3 trilhões de videoclipes do YouTube. A Cisco também estima que os vídeos serão responsáveis por 66% de todo o tráfego global de dados móveis.

A pesquisa aponta que a principal motivação do crescimento é o aumento constante e contínuo do número de dispositivos móveis conectados à internet, que devem exceder o número de pessoas na Terra em breve.

Até 2017, a Cisco espera que o tráfego global de dados móveis cresça três vezes mais que o tráfego de dados fixos. Em cinco anos, seremos 5,2 bilhões de usuários móveis, em comparação com os 4,3 bilhões de usuários atualmente. As velocidades de conexão também devem aumentar em sete vezes nos próximos anos, pulando da média atual de 0,5 Mbps para 3,9 Mbps globalmente.

O estudo da Cisco também projeta que 71% de todos os smartphones e tablets serão capazes de se conectar à versão 6 de Protocolo de Internet (IPv6) de rede móvel até 2016. 39% de todos os dispositivos móveis do mundo (mais de quatro bilhões) podem ter capacidade IPv6 até 2016.