Taxa de atualização de dispositivos Apple é de 90%, contra 7% do Android

Por Redação | 24.03.2014 às 17:12

O iOS encontra-se atualmente na versão 7.1, enquanto o Android tem o codinome KitKat como sua edição mais recente. A atualização e busca por mais funções pelas duas fabricantes é constante, mas a maneira bem diferente de atualização entre elas torna a Apple líder quanto o assunto é aparelhos atualizados, enquanto o total inverso pode ser dito com relação ao Google.

Segundo dados publicados pela Mixpanel e reproduzidos pelo site Pplware, quase 90% dos iPhones e iPads em operação no mercado atual já contam com o iOS 7, mostrando uma altíssima taxa de adoção do sistema operacional. Por outro lado, a grande pluralidade de marcas, plataformas e hardwares rodando o Android faz com que o KitKat esteja presente em apenas 7% deles.

Os números baixos também são, parcialmente, problema das operadoras e fabricantes, que precisam retrabalhar os lançamentos do sistema operacional para garantir que ele funcione com suas redes e ampla oferta de equipamentos. Enquanto isso, as atualizações disponibilizadas pela Apple são mais verticais, voltadas para uma variedade de dispositivos bem menor e com sistemas mais parecidos entre si.

Para os desenvolvedores, o ponto também é positivo, já que não é preciso adaptar os softwares para que rodem em diversos celulares. No iOS, a garantia de funcionamento é completa, enquanto no Android, apps que trabalham bem com um modelo de smartphone podem ser totalmente incompatíveis com outro.

Segundo a Mixpanel, essa diferença de adoção das mais recentes versões também é replicada na satisfação dos consumidores por seus aparelhos. Enquanto os usuários de Android nunca sabem se seus celulares suportarão as próximas versões, os que possuem iPhones ou iPads têm uma certa garantia de que seus celulares, mesmo já com alguns anos de uso, continuarão operando normalmente e recebendo as novas funções periodicamente.

Mais do que isso, os números mostram que os usuários Apple costumam correr para atualizar seus dispositivos. Desde seu lançamento, em 10 de março, o iOS 7.1 já é responsável por 30% da base de usuários de iPhone e iPad, com esse total aumentando dia após dia, enquanto a porcentagem da edição 7.0.6, sua anterior, está caindo cada vez mais.