Tablets serão beneficiados pelo programa Minha Casa Melhor

Por Redação | 17.10.2013 às 13:15
photo_camera Divulgação

Agora é oficial: os tablets serão beneficiados pelo programa Minha Casa Minha Vida. Segundo a Época Negócios, a decisão foi tomada pelo Conselho Monetário Nacional (CMN) e já começa a valer a partir desta quinta-feira (17).

Tablets com preço máximo de R$ 800 poderão ser adquiridos com juros subsidiados por usuários que compraram imóveis pelo Minha Casa Minha Vida. Além desses dispositivos, outros objetos entram na lista do programa Minha Casa Melhor: forno de micro-ondas de até R$ 350, móveis para cozinha de R$ 600 e estante ou rack de sala com valor estipulado de R$ 350.

"A inclusão desses itens atende a uma demanda por novos produtos dos beneficiários do programa. A linha de crédito do Minha Casa Melhor, operada pela Caixa Econômica Federal, continua sendo de R$ 5 mil. As demais condições do programa também não serão alteradas, nem o volume total disponível da linha de crédito anunciado inicialmente", disse o CMN em nota.

Por meio do Minha Casa Melhor, o beneficiado poderá obter crédito para comprar até dez itens diferentes para sua casa, com limitações quanto ao uso e o valor de cada produto, com um financiamento total máximo de até R$ 5 mil com juros de 5%. No caso dos laptops, que já fazem parte do programa, a compra está restrita a produtos com acesso à internet e no valor máximo de R$ 1.150.

Fazendo um panorama com os tablets vendidos nas principais lojas do varejo online, como Submarino, Americanas, Ponto Frio e Fast Shop, será possível adquirir, dentro das regras colocadas pelo governo, modelos de empresas como CCE, Multilaser e Philco. O Galaxy TAB 3 da Samsung com memória interna de 8GB, por exemplo, custa menos de R$ 700. Nenhuma versão do iPad poderá ser inclusa, já que o aparelho mais em conta não sai por menos de R$ 1.299.