Restaurante oferece desconto de 50% para quem desligar o celular

Por Redação | 25 de Novembro de 2013 às 11h40

Uma cena muito comum hoje em bares e restaurantes é ver pessoas sentadas às mesas, em silêncio, mexendo em seus celulares. Cansado de ver esse tipo de cena, o israelense Jawdat Ibrahim, dono do Abu Gosh, um restaurante em um vilarejo perto de Jerusalém, resolveu dar 50% de desconto como incentivo àqueles que desligarem seus aparelhos.

"Tecnologia é ótimo, mas quando se está comendo, na companhia de amigos e familiares, você pode se desconectar por algum tempo para aproveitar o momento", diz ele. "Mas você não consegue, pois precisa enviar pelo Instagram ou Twitter a foto do seu prato, fazer o check-in no Foursqure e postar no Facebook que está em um encontro com alguém. O vício chega a tal ponto que alguns clientes não comem pois estão usando o telefone, a comida esfria e o restaurante tem que esquentar novamente", completa.

Ibrahim não foi o primeiro a oferecer incentivos ou proibir os telefones. No ano passado, um restaurante em Los Angeles passou a oferecer 5% de desconto para quem deixar o celular na entrada, e recentemente outro estabelecimento, também em Los Angeles, proibiu completamente o uso do aparelho.

Mas oferecer 50% realmente é inovador. Aparentemente poderia gerar prejuízos, já que a margem de lucro de restaurantes já é baixa, mas a medida gerou uma boa publicidade, e deu o que falar em sites de notícias como a AFP.

O uso de celulares em restaurantes é um assunto bem controverso, pois ao mesmo tempo que muita gente não consegue largar o telefone, muitas outras pessoas se incomodam extremamente com isso. Para os donos dos estabelecimentos, é muito complicado manter o bom trato com os clientes e agradar os dois públicos, então incentivos são necessários.

Em um novo restaurante, também em Los Angeles, uma placa logo na entrada avisa: "É a nossa intenção que você aprecie seu momento aqui, saboreando nossa refeição e sua companhia. Pedimos a gentileza de não usar seu celular nas mesas. Qualquer fotografia dentro do Bucato é educadamente desencorajada. Obrigado". Além disso, o uso dos aparelhos é permitido apenas em uma área especial, do lado de fora do estabelecimento.

Placa restaurante

Bucato, Los Angeles. [Foto: Eater LA, Shutterstock]

Esse tipo de medida está se tornando comum nos EUA, com restaurantes em vários estados proibindo ou restringindo o uso. Aqui no Brasil, por enquanto, não existe esse tipo de atitude, apesar do uso já incomodar muita gente. Para os restaurantes acaba sendo interessante pessoas postando fotos e divulgando nas redes sociais, pois é propaganda gratuita.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.