Regras para uso de dispositivos eletrônicos durante voos devem mudar

Por Redação | 25 de Setembro de 2013 às 16h44

Depois de muito tempo, a Administração Federal de Aviação (da sigla em inglês, FAA) finalmente parece estar pronta para afrouxar as regras sobre o uso de dispositivos eletrônicos durante os voos. Um novo conjunto de recomendações para facilitar o uso de smartphones, tablets e PCs nos aviões deve ser decidido ainda esta semana.

A FAA é a entidade governamental dos Estados Unidos responsável pelos regulamentos e todos os aspectos da aviação civil no país. De acordo com o The New York Times, a agência reconheceu que a mudança era inevitável devido à grande adoção de dispositivos móveis.

Um grupo consultivo da FAA está se reunindo para decidir quais restrições devem ser deixadas de lado. As novas orientações devem permitir a leitura de e-books ou outras publicações digitais, ouvir música e assistir vídeos. A proibição de envio e recebimento de e-mails e mensagens de texto ou o uso do Wi-Fi durante a decolagem ou aterrissagem deve ser mantida, bem como a proibição de realizar chamadas telefônicas durante todo o voo.

As recomendações para a nova política de uso de dispositivos eletrônicos em voos devem ser entregues à FAA até o final do mês, e ela provavelmente entrará em vigor somente no próximo ano. A mudança representa um marco cultural para a Era digital, o momento em que as comunicações de massa e as viagens em massa se encontram.

Mesmo com a atual proibição, muitos passageiros se esquecem de desligar os seus dispositivos ou simplesmente ignoram as instruções das aeromoças para fazê-lo. As companhias aéreas estão expandindo o uso de sistemas sem fio a bordo, oferecendo televisão ao vivo e até mesmo concedendo streaming de filmes ou músicas diretamente nos dispositivos dos passageiros. Mas mudar toda a política de segurança da aviação é um processo lento.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.