Publicidade móvel global cresce 83% e chega a US$ 8,9 bilhões

Por Redação | 24.07.2013 às 11:00

Apesar do crescimento do mercado de smartphones ter abrandado em alguns mercados desenvolvidos, os serviços relacionados a dispositivos móveis continuam crescendo, e isso tem um impacto direto sobre o crescimento da publicidade móvel. Globalmente, o mercado de publicidade móvel atingiu US$ 8,9 bilhões em 2012 – um aumento de quase 83% em relação ao ano anterior.

Em termos de distribuição geográfica, o maior crescimento continua a ser visto nos locais onde o uso da Internet móvel é mais forte: as receitas de publicidade móvel nos Estados Unidos aumentaram 111% e na Europa Ocidental 91%. Os dados são de um recente levantamento feito em parceria pelo IAB USA, IAB Europa e IHS.

O estudo aponta ainda que a América Latina representa apenas 0,6% da receita total proveniente de publicidade móvel, enquanto a Ásia engloba 40,2% seguida de perto pela América do Norte, com 39,8%. A Europa Oriental surge com 16,9% da participação no mercado, quase dez vezes mais que a Europa Central, com 1,3%. Completa a lista o Oriente Médio e a África, que juntos somam 1,2%.

Para Rodrigo Prates, diretor de Owned e Shared Media da Today, primeira agência pós-digital de comunicação no Brasil, o alto crescimento se deve especialmente pela forte disseminação tecnológica dos últimos doze meses. "Os inúmeros lançamentos de aparelhos mais modernos contribuíram para o crescimento. Com maior velocidade no telefone, aumenta também o tráfego de dados, e, consequentemente, a importância da internet móvel", analisa o diretor. "Nos próximos anos devemos ter uma maior participação na América Latina, principalmente no Brasil, com a consolidação da tecnologia 4G e os incentivos fiscais do governo para compra de telefones", conclui.

Receita de publicidade móvel global

Receita de publicidade móvel global divida por região (Fonte: AB USA, IAB Europa e IHS)

Disputa entre plataformas

O relatório de publicidade móvel "State of the Mobile Advertising", da Opera Mediaworks, apontou que iPhones e Androids estão em uma disputa acirrada pelo maior número de impressões de anúncios, mas o smartphone da Apple continua sendo o vencedor no quesito receita.

O iPhone gera 36,4% das receitas de publicidade móvel – comparada aos 27,8% do Android – e o iOS é claramente o líder geral, com 43,8% das impressões servidas em aparelhos Apple. No entanto, o domínio da Samsung do mercado Android (58,5%) a torna uma forte concorrente.

Tráfego de publicidade móvel

Tráfego de publicidade móvel por plataforma (Imagem: Opera Mediaworks)

"Olhando para um ano atrás, quando lançamos o primeiro relatório Estado da Publicidade Móvel, observamos um crescimento inédito no investimento e valor das campanhas de publicidade móvel em todos os aparelhos e regiões", diz Mahi de Silva, CEO da Opera Mediaworks. "Ainda que o iOS permaneça na liderança, estamos vendo o crescimento de novas categorias, novas regiões emergentes e o surgimento de novas tecnologias. O volume total de impressões da Opera Mediaworks aumentou 43% comparado ao ano anterior, e os números só vão crescer conforme chegamos ao final de 2013".