Proporta TurboCharger 7000: um final de semana com o smartphone sem tomadas

Por Pedro Cipoli

Quem usa smartphone há algum tempo se acostumou em ter que carregar o gadget todos os dias, já que raros são os modelos que conseguem sobreviver muito tempo fora da tomada. No dia a dia isso não chega a ser um grande problema, afinal temos tomadas disponíveis em casa ou no trabalho e grande parte dos usuários possui um carregador no carro. Ainda assim, quem passa muito tempo na rua (sem carro, claro) começa a ficar visivelmente incomodado quando o smartphone dá aquele aviso de "Somente 15% de carga disponível. Por favor conecte o carregador".

Como parece pouco provável que os fabricantes comecem a disponibilizar modelos com uma capacidade maior, afinal a tecnologia utilizada nas baterias atuais quase não evoluiu nos últimos tempos, uma das alternativas é adquirir uma bateria externa e levar na mochila. Qual modelo escolher? Já conhecemos a Ultra'Go Mini, um modelo bastante simpático com 3500 mAh disponíveis para garantir que nossos smartphones sobrevivam até o final do dia, mas se aumentarmos o desafio? E se quisermos ficar um final de semana inteiro sem olhar para uma tomada ou mesmo carregar um tablet?

Para esses usuários a bateria Turbocharger 7000 da Proporta é uma opção bastante interessante. Os seus massivos 7000 mAh são capazes de carregar qualquer modelo de smartphone pelo menos duas vezes e, em alguns casos de modelos com baterias menores como o iPhone 5 (1400 mAh, aproximadamente), até 4 vezes. Indo para o mundo dos Androids essa capacidade é capaz de carregar um Galaxy S4 (2600 mAh) e um Galaxy Tab de 7 polegadas (4000 mAh), ou mesmo um Galaxy Note 10.1 (7000 mAh), ainda que apanhe de um iPad 4 (11560 mAh).

No caso de termos um Galaxy Tab 7.0 e um Galaxy S4, podemos carregar os dois ao mesmo tempo pois há duas portas USB disponíveis. Uma delas é convencional de 5 watts (5 volts, 1 A) compatível com virtualmente qualquer smartphone, e outra é dedicada a smartphones que possuem recursos como o QuickCharge, carregando-o muito mais rápido (5 volts, 2,1 A) e poupando o tempo de quem quer o seu modelo carregado o mais rápido possível.

Checar a bateria disponível é bastante simples: basta clicar no botão principal (e único) que a quantidade de LEDs dirá a porcentagem aproximada. 1 significa 25%, 2 50% e assim por diante. A TurboCharger seria um produto excelente para qualquer usuário se não fossem algumas falhas gritantes, onde a principal é o tempo de carregamento. É no mínimo interessante que o modelo seja capaz de fornecer mais de 10 watts de potência (mais de 15 watts se utilizar ambas as portas) e carregue apenas por uma entrada de 5 watts. Ou seja, descarrega 3 vezes mais rápido do que carrega.

Considerando que sua capacidade seja de 7000 mAh, consegue imaginar quanto tempo ela demora para ficar com a carga completa? Alguma coisa entre várias horas e muito, muito tempo, ou mais precisamente o tempo entre deixá-la carregando e só pegar quando lembrar que ela existe. O carregador incluso também não é nada amigável para quem leva toneladas de coisas na mochila. É grande demais para a função que tem, sendo melhor deixá-lo em casa mesmo.

O kit que recebemos diretamente da Proporta inclui conectores para virtualmente qualquer gadget (até mesmo aqueles Nokia antigos que quebravam o chão). Só faltou um compatível com as primeiras gerações de tablets da Samsung, mas por sorte os modelos mais atuais incluem entrada micro USB convencional. Como o modelo é entregue do exterior, há vários modelos de tomada compatíveis – boa notícia para o Brasil, afinal, já tínhamos 8 padrões diferentes e, como se não bastasse, inventamos um nono para complicar ainda mais a nossa vida.

Conclusão

Assim como a Ultra'Go Mini que analisamos aqui no Canaltech há algum tempo, comprar a TurboCharger 7000 da Proporta requer meios underground à la DealExtreme. Custando aproximadamente US$ 75 (algo próximo de R$ 160 na cotação de hoje), é necessário comprá-la no site oficial e esperar várias semanas para que seja entregue, prazo que pode facilmente passar de 30 dias.

Vale a pena? Depende da necessidade do usuário, afinal de contas 7000 mAh é bastante coisa para grande parte dos mortais, o que junto com o preço bastante competitivo é uma boa ideia para quem realmente não quer se preocupar e caçar tomadas. O ponto negativo é que comprá-la não é tão amigável quanto parece e não encontramos nenhum revendedor nacional que a ofereça, o que certamente diminui o seu interesse para quem não está disposto a correr riscos.

Vantagens

  • Alta capacidade e tamanho relativamente pequeno (próximo de um disco rígido de notebook)
  • Possibilidade de carregar dois gadgets ao mesmo tempo
  • Porta de alta capacidade para smartphone com recurso QuickCharge (Galaxy S4, Galaxy Note II)
  • Conjunto completo de acessórios
  • Preço competitivo

Desvantagens

  • Carregá-la completamente demora muito tempo
  • Os cabos retráteis aparentam ser bastante frágeis
  • Carregador desnecessariamente grande
  • Não há um modo simples e rápido de comprá-la