Problemas com o WhatsApp causam fuga de usuários para o Telegram

Por Redação | 24 de Fevereiro de 2014 às 14h03

O WhatsApp passou por diversos problemas de instabilidade durante este final de semana, chegando a ficar fora do ar em diversos momentos desde a noite de sexta-feira. Em alguns casos, foram muitas horas de indisponibilidade, o que motivou uma grande fuga de usuários para o Telegram, que chegou a ganhar quase 5 milhões de usuários nesse período.

De acordo com a conta oficial do aplicativo no Twitter, o fluxo de novos usuários já vinha aumentando desde a última quarta-feira (19), quando o Facebook anunciou a compra do WhatsApp. E, com as instabilidades recentes, chegou a registrar 100 novos registros de usuários por segundo, um volume que chegou a causar instabilidades para os europeus.

No último domingo (23), o Telegram registrou o primeiro lugar em 48 territórios da Apple App Store e se tornou uma alternativa comum para quem estava sofrendo com a ausência do WhatsApp. Mesmo no Brasil, uma rápida busca pelas redes sociais mostra diversos usuários indicando o aplicativo como uma alternativa não apenas durante o período em que o concorrente estava fora do ar, mas como um novo aplicativo de mensagens para uso integral.

Como conta o Mashable, o Telegram foi criado por dois russos, Nikolai e Pavel Durov. A dupla também está por trás da VK, uma das principais redes sociais da Europa. Eles afirmam que não pretendem ganhar dinheiro com o app de mensagens, descartando possibilidades de vendas ou a entrada de investimentos externos.

O foco aqui, afirmam os criadores, é a segurança – baseada na nuvem – e a confidencialidade dos dados de seus usuários e das mensagens enviadas por eles. Além disso, como o aplicativo é baseado na nuvem, pode ser acessado por meio de smartphones, tablets e até mesmo computadores, além de aceitar o compartilhamento de qualquer tipo de arquivo.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.