Pesquisa: comportamento do internauta com relação aos vídeos online

Por Redação | 25 de Março de 2013 às 08h15

Um estudo realizado pela Motorola e divulgado esta semana mostrou que os consumidores estão assistindo uma enorme quantidade de vídeo. Globalmente, assistimos a cerca de 25 horas por semana de programação de TV e filmes, um aumento de 15 horas em relação a 2011.

O 'Motorola Mobility's Fourth Annual Media Engagement Barometer' é um estudo global que analisa o hábito de consumo de vídeo entre 9.500 consumidores de 17 países. O estudo apontou que 50% dos entrevistados assistem à programação em sua TV da sala de estar, enquanto 40% preferem ver o conteúdo em seus smartphones ou tablets.

Ainda em relação ao uso de dispositivos móveis, 36% dos entrevistados assistem programação de vídeo no quarto e, dentre eles, 46% assistem ao conteúdo em seu smartphone, 41% em tablets e apenas 36% optam por ligar a TV do quarto. Além disso, 9% dos proprietários de tablets e 16% dos proprietários de smartphones têm o hábito de consumir conteúdo de vídeo no banheiro.

Mais da metade dos participantes também confessou ter baixado ou armazenado um programa de TV ou filme em seu dispositivo móvel. Fato é que os consumidores querem cada vez mais a flexibilidade oferecida pelos dispositivos móveis na hora de escolher como querem ver sua programação predileta.

Entre os pesquisados, 68% alegaram preferir gravar a transmissão de TV, pois assim podem pular os anúncios. Essa tendência apresenta um desafio constante para as redes de TV. Confira mais alguns dados interessantes apontados pela pesquisa em relação ao comportamento do consumidor de conteúdo de vídeo:

  • 77% dos entrevistados disseram que gravam determinada programação por causa dos conflitos de horário com outro programa ao vivo que desejam assistir.
  • 72% alegaram realizar as gravações para armazenar a série completa de um programa.
  • 68% tiveram que apagar conteúdos gravados porque ficaram sem espaço de armazenamento em seus dispositivos.
  • Em média, os proprietários de tablets assistem 6,7 horas de filmes por semana contra a média de 5,5 dos não proprietários desse tipo de gadget.
  • 50% dos entrevistados não se envolvem em atividades de mídias sociais enquanto assistem programas. No entanto, 60% dos pesquisados com idade entre 16 e 24 anos disseram que acompanham as conversas sociais durante a exibição da programação na TV.
Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.